A ilha de São Miguel, nos Açores, mais concretamente o concelho da Ribeira Grande, irá receber no início do mês de Julho o primeiro festival de balões de ar quente dos Açores, numa iniciativa que, de acordo com a autarquia, será um excelente cartaz promocional do concelho e uma oportunidade de mostrar as paisagens e belezas naturais da ilha.

A realização deste festival nos Açores surge na sequência de um contacto da Associação Learn to Appreciate, de Ponta Delgada, e da empresa PubliBalão, que organiza o único festival do género em Portugal, no Alentejo. A organização, que gostaria de contar com balões a voar entre Abril e Agosto, prevê que esta iniciativa conte com a presença de 15 a 20 balões, apesar de toda a logística que implica trazê-los aos Açores e pô-los a voar.

A organização do festival de balões de ar quente pretende promover o evento aproveitando a aproximação da Bolsa de #Turismo de Lisboa, a maior exposição nacional de destinos turísticos, que se realizará entre os dias 25 de Fevereiro e 1 de Março. O Alentejo, que será também a região em destaque no certame, contou já no ano passado, em Novembro, com a sua 18º edição do festival, num total de sessenta equipas participantes oriundas de vários países europeus.

A Ribeira Grande, nos Açores, já é um destino conhecido a nível mundial, pelo menos nos circuitos do surf, desde que se realiza na praia de Santa Bárbara uma prova de surf portuguesa com o estatuto "Prime", o Bilabong Azores Islands Pro. Agora, com a aposta nos voos de balão de ar quente, pretende-se trazer à ilha centenas de pessoas, mas desta vez que partilhem entre si o gosto pelo balonismo. O festival será ainda organizado de modo a coincidir com as festas do concelho, aumentando ainda mais o número de observadores do evento.

O Festival Internacional de Balões de ar quente, o mais antigo do género em Portugal, conta com raízes no distrito de Portalegre, tendo servido de base para a abertura em 2012 da primeira escola do país para pilotos de balões de ar quente.