Esta última quarta-feira a Polícia Judiciária de Aveiro divulgou que foram, finalmente, identificados os autores dos ataques de carjacking. Ataques que vinham a acontecer no distrito de Aveiro continuamente nas últimas semanas. A Polícia Judiciária, em conjunto com a GNR e PSP, conseguiram identificar 5 pessoas ligadas aos crimes. Três dessas pessoas participaram diretamente nos crimes de carjacking e duas outras, um casal, são suspeitos de recetação do material roubado. A população do distrito de Aveiro pode finalmente respirar de alívio!

O casal associado aos crimes de carjacking estavam em posse de computadores e telemóveis das vítimas dos crimes. O último crime cometido foi registado na madrugada de segunda-feira e a vítima, uma mulher, foi obrigada a fazer uma transferência pois o ataque aconteceu perto de um terminal multibanco.

Os indivíduos estão finalmente detidos e vão ser presentes a um juiz de instrução criminal e têm idades compreendidas entre os 25 e os 30 anos. Três dos indivíduos detidos são suspeitos de participarem diretamente nos 10 crimes de Carjacking, registados pelas autoridades nas últimas semanas. A PJ de Aveiro esclareceu ainda que foi a ação coordenada de PSP e GNR que "permitiu, num primeiro momento, a interrupção da atividade criminosa e, depois, a identificação e detenção dos suspeitos". Os indivíduos agora detidos são suspeitos da prática de vários crimes de roubo e sequestro e deixaram a população de Aveiro em estado de pânico, dado o número de crimes cometidos e o fato de estes apenas atacarem pessoas sozinhas e durante a noite.

Este foi mais um caso em que as forças de segurança se uniram para encontrar os autores destes crimes cometidos no distrito de Aveiro e que estavam a causar o pânico na cidade e arredores. A população pode agora finalmente respirar de alívio, pois os responsáveis pelo terror foram detidos, ficando a cargo da #Justiça as punições para todos os cinco elementos envolvidos direta e indiretamente nos 10 crimes de carjacking.

As vítimas dos crimes conseguiram recuperar as suas viaturas, algumas delas de alta cilindrada, e podem agora também conseguir reaver alguns dos bens recuperados pela Polícia Judiciária.