Hoje por volta das 7:30h da manhã, em Sangalhos, distrito de Aveiro, a Guarda Nacional Republicana (GNR) encontrou os corpos sem vida de um casal dentro da sua habitação. O alerta foi dado por um vizinho que notou sinais de violência na casa. Os Bombeiros de Anadia foram chamados ao apartamento, sito na rua do Comércio, pela Guarda Nacional Republicana por forma a facilitar o acesso à habitação, após o vizinho que deu o alerta ter encontrado uma poça de sangue no prédio. Foram ainda chamados ao local uma Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) de Coimbra, a ambulância de Suporte Imediato de Vida (SIV) de Aveiro e a GNR de Sangalhos e Anadia.

A comandante Ana Matias, da Corporação dos Bombeiros da Anadia, disse ao jornal Diário de Noticias que os bombeiros responderam a um pedido de abertura de porta porque "haveria uma vítima inconsciente no interior da habitação". De acordo com o capitão Augusto do comando da GNR de Aveiro, o homem, de 43 anos, e a mulher, de 41, terão sido esfaqueados. "Chegados ao local deparámo-nos com dois corpos e tudo indica que terão sido vítimas de um #Crime com arma branca." A vítima do sexo feminino encontrava-se no exterior da casa enquanto a vítima do sexo masculino estava no interior, de acordo com fonte da GNR que falou à Lusa.

Embora o capitão Augusto acrescente que "não há qualquer suspeito", acredita que o casal foi vítima de terceiros. Não se tratando, portanto, de um crime de violência doméstica. A Polícia Judiciária já está no local e está a investigar as causas do crime.

Nos últimos anos, tem-se vindo a assistir a um escalar deste tipo de ocorrências. No início deste ano registaram-se vários crimes violentos na zona de Aveiro, desde carjacking com o sequestro dos condutores, com intuito de os fazer levantar dinheiro nos multibancos, até assaltos violentos à mão armada, ao estilo dos filmes de Hollywood. As autoridades competentes têm no entanto, conduzido investigações que na maior parte das vezes leva à captura dos agressores e assaltantes. #Tragédia