Hoje, dia 8, mais uma vez o concelho de Estarreja vê-se a braços com um novo foco de #Incêndio junto à zona industrial, no Eco Parque Empresarial de Estarreja. Para além disto as autoridades lutam para encontrar uma mulher idosa. A idosa está desaparecida desde o dia de ontem e é desconhecido o que vestia na altura, bem como para onde se dirigia quando saiu de sua casa. As buscas decorrem já desde a manhã de hoje e é ainda desconhecido o paradeiro da mulher.

Quatro semanas se passaram desde o último “susto” que a população viveu com o incêndio que deflagrou no dia 5 de Julho, junto ao pólo químico e Eco Parque Empresarial de Estarreja. Os ventos fortes, a densidade da mata e os maus acessos foram as grandes dificuldades vividas nessa data e infelizmente vividas, novamente, no dia de hoje.

O alerta de incêndio foi dado pelas 15:00 horas de hoje e foram logo accionados os Bombeiros Voluntários de Estarreja bem como os Bombeiros Voluntários de Albergaria-a-Velha, apoiados por dois meios aéreos, mais concretamente dois helicópteros. A GNR de Estarreja também foi accionada para o local. De acordo com a Proteção Civil, no terreno registam-se 68 homens e 20 meios terrestres. De acordo com informações no local, o incêndio está já em fase de rescaldo e dentro de poucas horas será dado como extinto.

Várias equipas da GNR com patrulhas ciclo, patrulhas cinotécnicas, que incluem cães especialmente treinados para busca e salvamento de pessoas, bem como diversos elementos desta força policial, encetaram buscas durante o dia em toda a área adjacente à freguesia de Pardilhó - Avanca, para tentar encontrar a idosa já desaparecida desde o dia de ontem.

O alerta de #Desaparecimento foi dado na manhã de hoje por familiares da vítima, mas a mesma está já desaparecida desde as 15h30 do dia de ontem. Trata-se de uma mulher idosa que sofre da doença de Alzheimer. Esta doença é a forma mais comum de demência.

Uma das preocupações das autoridades no local é que já passaram 24 horas desde o desaparecimento desta residente de Pardilhó. O fato da idosa sofrer de Alzheimer é também uma preocupação latente para as autoridades e familiares da desaparecida. Até às 21:00 horas do dia de hoje a mesma continua em parte incerta e as buscas foram suspensas até ao amanhecer.