Um adolescente de 18 anos de idade morreu ao início da manhã deste domingo, 1 de Janeiro, na sequência do despiste do automóvel que conduzia. A vítima ficou encarcerada no interior do veículo, não tendo resistido aos ferimentos. Num outro #Acidente, quatro jovens ficaram feridos quando regressavam de uma festa de passagem de ano. Desde as zero horas da passada sexta-feira (30 de Dezembro) que a Guarda Nacional Republicana registou 427 acidentes e cinco mortos, no âmbito da operação do Ano Novo.

Foi fatal o despiste que ocorreu, pouco depois das 8 horas da manhã, deste domingo, primeiro dia do ano de 2017. Um jovem, de 18 anos, que viajava sozinho no automóvel, não resistiu aos ferimentos e acabou por morrer. O trágico acidente ocorreu numa zona de recta junto ao parque industrial da localidade da Palhaça, no concelho de Oliveira do Bairro. Quando os bombeiros voluntários chegaram ao local depararam-se com a vítima encarcerada no interior do automóvel, tendo solicitado auxílio da Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) do Instituto Nacional de Emergência Médica (INEM), afecta ao Centro Hospitalar do Baixo Vouga, em Aveiro. Contudo, apesar dos esforços e das manobras de reanimação, os socorristas não conseguiram reverter a situação da vítima.

Também na manhã deste domingo, 1 de Janeiro, quatro jovens sofreram ferimentos na sequência de um acidente de viação, quando regressavam de uma festa de passagem de ano. O acidente ocorreu na Rua José Gomes de Sá, no centro da cidade de Santa Maria da Feira, e as vítimas foram socorridas pelos bombeiros e transportadas para o Hospital S. Sebastião.

De referir que a Guarda Nacional Republicana (GNR) já registou, desde as zero horas da passada sexta-feira, 427 acidentes, cinco vítimas mortais, seis feridos graves e 117 considerados ligeiros. Ou seja, verificaram-se menos ocorrências, em relação ao ano passado, mas um igual número de vítimas. Números que podem subir, uma vez que a operação do Ano Novo só irá terminar na segunda-feira, 2 de Janeiro de 2017.