Uma história de crescimento: mês após mês, a Blasting News ganha destaque como um fenómeno social global.

Lançada em Itália em 2013, onde rapidamente se tornou numa das maiores revistas digitais, a Blasting News atingiu uma grande dinâmica em Portugal, bem como na Polónia, Roménia, Espanha e Brasil, com todos os países a atingirem ou superarem um milhão de visitantes únicos mensais.

Este alcance viral é empolgante para aqueles que lutam pela liberdade de expressão e pela informação independente: 20 milhões de leitores únicos em maio. O sinal de uma Revolução.

A Blasting News é uma plataforma digital global, totalmente independente, que liga repórteres, conteúdo e audiência, numa revista movida pela voz de milhares de pessoas. Está presente em 34 países e publica em 24 línguas.

Este crescimento notável tem sido alcançado graças a um modelo de negócio único: A Blasting News vem desestabilizar o panorama informativo ao permitir que qualquer pessoa se torne um repórter e seja pago pelo seu conteúdo. Os Blasters são recompensados através de um sistema verdadeiramente meritocrático: quanto mais pessoas lerem o artigo, maior é o pagamento. A qualidade é levada muito a sério: A Blasting News não publica todo o conteúdo que recebe - cada artigo é cuidadosamente revisto tanto por softwares criados especificamente para esse fim, como por uma equipa de colaboradores séniores que garantem que o conteúdo seja de elevada qualidade. Este crescimento tem sido atingido sem custos de marketing, uma vez que o elevado volume de tráfego provém da partilha social, feita pelo utilizador/consumidor final da Blasting News, bem como dos motores de busca.

A Blasting News não é uma organização de comunicação social tradicional, mas sim uma empresa tecnológica que funde a tecnologia com o crowdsourcing para criar uma revista global única e dar ao cidadão comum, em qualquer parte do mundo, acesso à informação que realmente lhe interessa.

Andrea Manfredi, fundador da Blasting News, disse: "Acredito que a chave para este crescimento tão rápido está no facto de o conteúdo noticioso da Blasting News ser uma janela única através da qual é possível perceber claramente quais são os interesses e as paixões das pessoas. Ao contrário dos media tradicionais, nós não dizemos às pessoas sobre o que se devem ou não interessar, mas ao invés usamos tecnologia de ponta para curar uma revista com elevados padrões de qualidade, feita pelas pessoas para as pessoas. Este enorme marco na nossa história demonstra que há um interesse global pela Blasting News e estamos empolgados em levar este modelo de jornalismo a cada vez mais pessoas em todo do mundo."

Para questões adicionais, por favor contacte:

Sophia Matveeva (Relações públicas): +44 7791 223 308 ou sophia.matveeva@blastingnews.com

Pedro Fonseca (C. Manager para Portugal): +41 91 690 19 19 ou pedro.fonseca@blastingnews.com #Blasting News Portugal