O European Student Think Tank (EST) realizou a sua primeira atividade em Portugal desafiando os estudantes da Universidade do Minho (UMinho) a refletirem sobre a influência dos media na União Europeia (UE). Numa conferência que contou com as intervenções do vereador da Câmara Municipal da Póvoa de Lanhoso, André Rodrigues, e do docente de Ciências da Comunicação da UMinho, Luís António Santos, o embaixador do EST para Portugal, José Carlos Baptista, salientou a necessidade de se responsabilizar os atores políticos na UE.

Com a responsabilidade de analisar a relação da política com os media, André Rodrigues sublinhou, durante a sua intervenção, a necessidade de mediatismo que os políticos têm. "Quem não aparece é esquecido e não podemos esquecer que os políticos vivem, em parte, dos resultados mediáticos que têm", acrescentou. Já numa análise à ação direta dos media na perceção que os cidadãos têm sobre as instituições europeias, o vereador da CM da Póvoa de Lanhoso lamentou a proliferação das notícias negativas sobre as instituições europeias em detrimento de informação positiva sobre os vários programas de desenvolvimento económico e educacional que a UE tem.

"As pessoas comuns olham para a Europa como uma Europa que nos impõe regras, que às vezes é amiga, outras vezes não. Mas uma coisa que é certa, é que a Europa não é «nós», é «lá»", disse Luís António Santos, criticando a atuação europeia na hora de "falar com as pessoas". Para Luís António Santos a responsabilidade pela ausência de conhecimento europeísta por parte dos cidadãos é dos políticos e meios de comunicação. "Houve um insucesso muito grande na aproximação da UE aos cidadãos. Os cidadãos europeus ficam confusos com o emaranhado de instituições europeias", referiu.

No momento em que as redes sociais crescem e obrigam a repensar o papel dos meios de comunicação tradicionais, em especial o Facebook e o Twitter, a necessidade dos cidadãos encontrarem outras fontes de informação sobre a UE esteve também na berlinda, levando os oradores a criticarem a forma como os media tradicionais encaram o seu papel.

A conferência "A influência dos media na tomada de decisão na UE" resultou da parceria entre o EST e o Grupo de Alunos de Ciências da Comunicação da Universidade do Minho (GACCUM).