Luís Marques, líder dos 'Juntos Por Gualtar', veio esta semana a público acusar o Presidente da Junta de Freguesia, João Nogueira, de dar prioridade aos interesses partidários concelhios, relegando para segundo lugar os interesses dos gualtarenses. Em causa está a mais recente edição do Jornal "O Gualtarense", orgão de comunicação da Junta, que Luís Marques afirma ter passado a ser um "folhetim de campanha" do PS.

Luís Marques, que é também membro da Assembleia de Freguesia de Gualtar, diz ter ficado "escandalizado" quando recebeu a mais recente edição do Jornal oficial da Junta de Freguesia. Nesta tiragem, o grande destaque é dado à questão do PDM, com o Presidente da Junta a atacar repetidamente o trabalho da Câmara Municipal e promovendo o vereador da oposição, e líder do PS Braga, Hugo Pires. Para a coligação 'Juntos Por Gualtar', é esta mais uma prova de que a Junta de Gualtar está remetida a fazer eco das posições do PS Braga. Luís Marques afirma que se trata de um "problema gravíssimo" para qualquer freguesia, quando o seu Presidente "está mais interessado em políticas partidárias que em trabalhar para os cidadãos que o elegeram".

Nuno Vilar, também dos 'Juntos Por Gualtar', vai mais longe e considera "insultuoso" que se queira enganar os cidadãos. Vilar não duvida que os Gualtarenses percebem o que a Junta está a tentar fazer, afirmando que "João Nogueira revelou agora que o seu partido está na oposição na Câmara" e antevê consequências para o PS Gualtar, "as pessoas não gostam de quem faça esta política de baixo nível e darão uma resposta em conformidade nas próximas autárquicas".

Revisão do PDM foi positiva

Para Luís Marques, a revisão do PDM foi positiva para o concelho, tendo sido corrigidos vários dos erros da governação socialista. "Ainda há arestas que ficaram por limar", admite o autarca, "mas o saldo é francamente positivo". A aposta nos espaços verdes e na expansão dos parques industriais são salientados pela Coligação como dois pontos fortes do novo PDM.

Quanto a Gualtar, uma das situações que tem retido a atenção dos 'Juntos Por Gualtar' é a Quinta dos Peões, um dos espaços verdes mais importantes da freguesia. "É uma situação que estamos a monitorizar", afirmou Nuno Vilar, que se demonstrou, para já, "satisfeito com os contornos gerais" da denominada 'UOPG 17' do PDM bracarense, a Unidade Operativa de Planeamento e Gestão que se debruça sobre a Quinta dos Peões.