Braga pode até ser a terceira cidade do país, mas não será só na equipa de andebol que recolhe alguma indiferença noticiosa. Se a equipa do ABC poderá ter razões de queixa por alguma negligência da televisão, também a cidade se queixa deste desfasamento comparativamente com as outras cidades. E foi isto que a Blasting News foi tentar saber.

Após algumas entrevistas rápidas, uma questão teve uma resposta generalizada, como nos esclarece F. Castro: "Os canais puxam sempre mais para as outras cidades. Temos a Porto Canal, que está bastante ligada a Braga, mas mais nada", revelou a jovem bracarense.

Álvaro Monteiro, reformado de 67 anos, questiona as prioridades da televisão. "Às vezes parece que é mais importante a chuva que cai em Lisboa do que a que cai em Braga. Quando há inundações em Lisboa, também as há e até maiores, em Braga. Mas uma abre telejornal e a outra nem se fala, porquê?", pergunta este bracarense que diz gostar de ler o 'Diário do Minho' e que se chateia sempre que vê os noticiários televisivos.

Para F. Castro, de 31 anos, mais habituada a procurar a informação que pretende, esta situação já nem aborrece. "Eu já me chateei mais com isso, confesso. Agora, há cada vez mais páginas e sites, com o objectivo de expandir e noticiar o que se passa em Braga e arredores. Nós, o povo, é que somos os embaixadores da nossa cidade e da nossa cultura. E, por isso, muitos chegam até à nossa página, não só aqui de Braga, mas também turistas e os nossos emigrantes", considera a jovem que administra a página no Facebook 'Descobrir Braga'. #Televisão