Um jovem, com cerca de 30 anos, foi atingido, ao início desta tarde de segunda-feira, 4 de maio, no centro da cidade de Braga por um árvore de grande porte. Tudo aconteceu na Rua Professor Machado Vilela, junto à sede distrital da Segurança Social de Braga, quando o jovem circulava no passeio e foi surpreendido pela enorme tronco, que o atingiu e o feriu com gravidade. Também outras pessoas foram atingidas, mas apenas por pequenos ramos da árvore.

Pouco faltava para a três da tarde quando tudo aconteceu. "Ouvi o barulho, quando olhei apenas vi as pessoas a gritar por cuidado", contou Ricardo Freitas, que na altura dos acontecimentos se dirigia para a Segurança Social, a poucos metros do local do acidente. De imediato várias pessoas se aperceberam que um jovem havia sido atingido pelo enorme tronco. "Estava inconsciente", relataram algumas pessoas no local, também perto de umas das esquadras da PSP de Braga e do Rio Este, onde existe uma pequena área de sombra com algumas árvores.

O Centro de Orientação de Doentes Urgentes, e depois do alerta via 112, acionou vários meios. Uma ambulância e mota do INEM estacionadas em Gualtar foram mobilizadas para o local, assim como uma viatura da Companhia de Bombeiros Sapadores de Braga.

A vítima, com vários ferimentos graves, foi imobilizada e estabilizada no local. Muitas pessoas concentraram-se na zona. "Há árvores aqui que têm as raízes podres. Já não é a primeira vez que isto acontece", referiu Paulo Esteves, morador na zona. A PSP vedou o local e a vítima foi transportada para o Hospital de Braga.

A autarquia de Braga, através da Proteção Civil Municipal, assim como o presidente da Junta de Freguesia de São Victor, Ricardo Silva, estão no local. "Vamos apurar o que se passou. Também estamos a verificar as outras árvores de forma a evitar novo acidente", disse Ricardo Silva à Blasting News.

No momento do acidente as rajadas de vento eram fortes, mas muitos recordam algumas quedas de árvores que têm acontecido em vários pontos da cidade, provocando vários danos. Altino Bessa, vereador com o pelouro do ambiente, tem vindo a proceder à monitorização e ao abate de árvores doentes um pouco por toda a cidade. No entanto a quedas continuam.

Actualização:

 

Sabe-se agora que a vítima tinha 43 anos e faleceu já na sala de reanimação do Hospital de Braga. Leia aqui o artigo com todas as actualizações. #Catástrofes Naturais