Desde o ano de 2014 que decorre no Hospital de Braga o "Projecto Pimpolho". Esta iniciativa tem como objectivo observar semanalmente cerca de 30 crianças, entre os 3 e os 4 anos de idade, numa consulta oftalmológica que consiste no despiste e na prevenção da patologia designada por ambliopia, mais conhecida por "olho preguiçoso", que poderá ir de moderada a grave. O "projecto pimpolho" pretende analisar todas as crianças de Braga com idades entre os 3 e 4 anos, que frequentem tanto o ensino público, como o privado. A idade aqui é muito importante, pois será até pouco depois dessas idades que a patologia poderá ser tratada, pois trata-se de uma doença de infância que só é reversível nessa fase da vida. Caso contrário, esta pode afectar para sempre a criança!

Mas afinal o que é o "olho preguiçoso"?

Pois bem, a patologia de ambliopia pode desenvolver-se desde o nascimento e consiste na diminuição da acuidade visual de um ou de ambos os olhos, causada por alterações da visão, que afectam o desenvolvimento da mesma. Desenvolve-se quando as vias nervosas entre o olho e o cérebro não foram correctamente estimuladas, ou seja, se um dos olhos tiver a visão fraca ou preguiçosa, o cérebro poderá ignorar os sinais deste, devido a estes tenderem a vaguear. Sendo assim, o outro olho é favorecido.

O não tratamento da ambliopia na idade pediátrica pode originar cegueira, falta de visão ou visão subnormal, que não poderá ser corrigida para o resto da vida, nem com medicação, nem com cirurgia, afectando assim, não só a visão, mas também a qualidade de vida. Por isto, deve ser sempre feito o rastreio logo à nascença ou até às idades acima referidas.

Quando diagnosticada a doença, o tratamento deverá ser personalizado pois as causas poderão ser diferentes, apesar de o único sintoma ser a diminuição da visão. Normalmente, os tratamentos, como por exemplo a utilização de lentes ou óculos correctivos ou de uma pala, conseguem corrigir o "olho preguiçoso", mas por vezes poderá ser preciso recorrer à cirurgia para efectuar a correcção.

Este projecto está previsto decorrer até ao final deste ano! #Vida Saudável