Apareceu a jovem de Guimarães que estava desaparecida. Joana Santos desapareceu na última sexta-feira, 3 de Julho, para desespero dos familiares e amigos. A mãe da menor de 16 anos contactou a #Polícia adiantando a possibilidade de rapto mas, ao que tudo indica, a jovem terá fugido de casa de livre e espontânea vontade. Joana foi localizada, em Paredes, após mais um bom trabalho da Polícia Judiciária de Braga a dar o melhor desfecho ao caso que estava a preocupar o país.

Este não será um caso inédito, em que uma menor desaparece de casa, sem intermédio de terceiros, deixando os familiares com os nervos em franja. E terá sido isso que aconteceu a Cristina Santos, a mãe de Joana. Apercebendo-se do desaparecimento da filha, Cristina tentou ligar para a filha que teve sempre o telefone desligado. A mãe acabou por contactar a Polícia, alertando de imediato para um cenário que pode ter dispersado a investigação. Rapto foi o primeiro pensamento desta mãe e Cristina Santos terá alertado a Polícia, com esse facto em perspectiva. Citada pelo Jornal de Notícias, esta mãe avançava que a filha estaria "a ser seguida há dias por um rapaz alto, de cabelo preto".

Esta informação terá sido cedida pela irmã de Joana, que a contou à mãe apenas após o desaparecimento da irmã. Apesar da investigação, tudo não terá passado de mais um desaparecimento de Verão, que terá sido propositado.

Joana Santos estava a estudar num curso profissional, na Escola Secundária Francisco de Holanda, em Guimarães, e nesta fase final de ano lectivo, estava a concluir o estágio num jardim-de-infância. Na sexta-feira, a jovem foi à festa de final de ano das crianças, na EB1 de Santa Luzia, e já não regressou a casa.

À Polícia Judiciária, a mãe terá afirmado que desconhecia se a filha teria algum namorado, descartando também a possibilidade da filha fugir propositadamente. O desespero teve um ponto final nesta quarta-feira, quando a Polícia localizou a menor. A jovem já foi entregue à família e a PJ não considerou a possibilidade de qualquer actividade criminosa neste desaparecimento. #Jovens