Assaltante de carros no litoral de Esposende foi detido no Gerês, concelho de Terras de Bouro, com mais dois larápios com mandado de captura internacional depois de assalto a estaleiro de construção civil às portas do Parque Nacional da Peneda Gerês. Os detidos, caçados em flagrante pela Guarda Nacional Republicana (GNR), são de nacionalidade espanhola e têm idades entre os 19 e os 49 anos. Estavam referenciados pelas autoridades nacionais e espanholas.

A situação ocorreu ontem, dia 13, ao final da tarde, na freguesia de Vila da Veiga - às portas do Parque Nacional da Peneda Gerês - quando o dono de estaleiro da construção civil detetou os larápios no interior da empresa. "Estavam a carregar o material para a carrinha", disse, sem se querer identificar à Blasting News.

De imediato, e após ter anotado a matrícula da carrinha, dirigiu-se em direção a Rio Caldo (freguesia do concelho de Terras de Bouro), onde se encontrava, juntamente com o Grupo de Intervenção Proteção e Socorro da GNR, uma patrulha de militares da GNR do Gerês do destacamento territorial da Póvoa de Lanhoso.

Os militares, não sabendo o que podiam encontrar, pediram reforços de meios ao comando. No entanto, e enquanto acontecia o pedido de reforço, a carrinha com os larápios passou pela patrulha tranquilamente em direção à Vila de Amares pela Estrada Nacional 308.

De imediato foram no encalço destes e, já no lugar da Corujeira, na fronteira entre Rio Caldo e Valdosende, detiveram os indivíduos. No interior da carrinha, de caixa fechada, levavam vários cabos elétricos, com material de cobre, utilizados na construção civil com peso superior a 200 quilogramas, um comando de uma grua, quatro jantes e quatro pneus de veículos automóveis e vários metais não preciosos (ferro e alumínio) com peso de mais de 100 quilogramas.

Os indivíduos, sem oferecer qualquer resistência, foram encaminhados para os calabouços do posto territorial da GNR da Vila do Gerês. Este foram ouvidos, durante todo o dia de terça-feira, pelos juízes do Tribunal de Vila Verde. A segurança desta casa de #Justiça foi reforçada com a presença do Pelotão de Intervenção Rápida da GNR de Braga. #Crime