O motorista de um camião de transportes não ganhou para o susto e saiu ileso de um despiste em plena serra na zona do Gerês, concelho de Terras de Bouro, ocorrido na manhã desta quarta-feira, dia 19 de agosto. A cabine do camião ficou literalmente suspensa numa velha ponte, uma pequena obra de arte feita em pedra sobre um ribeiro. A ocorrência teve lugar na freguesia de Covide, no lugar de Freitas, pelas 11:00 horas. O camião fazia transporte para uma empresa de Guimarães ligada ao mercado de inertes pesados.

Segundo foi possível apurar no local junto dos colaboradores de empresa ligada ao mercado dos granitos de Gonça, concelho de Guimarães, o camião fazia o trajeto entre a freguesia de Covide, mesmo às portas do Parque Nacional Peneda Gerês, e as Pontes do Rio Caldo pela Estrada Nacional 304.

A cinco quilómetros da Basílica Menor do conhecido São Bento da Porta Aberta, ao quilómetro 71 no lugar de Freitas, o camião entrou em despiste, galgou o muro da ponte e ficou suspenso. “Um carro seguia no sentido contrário ao do camião pelo meio da via. O despiste ocorreu quando o camião se desviou ao máximo para evitar a colisão”, confirmaram no local algumas pessoas, confirmando a versão do motorista do pesado.

O motorista, por seu lado, saiu sem ferimentos e com um história para contar. Como estava suspenso, e com o camião a baloiçar ligeiramente, o motorista teve que rapidamente colocar-se a salvo e teve que dar um salto para a Estrada Nacional 304.

Depois do alerta para as autoridades, ou seja, para a Guarda Nacional Republicana de Terras de Bouro e Gerês, a circulação ficou de imediato interrompida aos pesados, sendo que na via, muito frequentada nesta altura do ano devido aos turistas que ali fazem itinerário de férias, apenas se circulava numa faixa de rodagem.

“Há o perigo ainda de o camião cair”, confirmaram no local as autoridades. Às 17:00 horas ainda o camião não havia sido retirado e esperava-se por uma grua específica, pois também se levantavam dúvidas quando à possível resistência da ponte com dois pesados em cima. #Acidente Rodoviário