Três feridos, entre as quais duas crianças, resultaram da queda de um muro e viga em Esposende. A situação ocorreu ontem, dia 24, pouco depois das 20:30 horas. A família, composta pela mãe de 40 anos e filhos de oito e dois anos, esperava pelo autocarro de uma instituição de solidariedade social na Rua Norte na Vila de Apúlia.

Mãe e filhos menores esperavam autocarro

Segundo foi possível apurar, terá sido uma das crianças que terá tocado na viga enquanto esperavam pelo transporte da Associação Recreativa Social e Cultural de Apúlia (ARSCA). A viga acabou por cair sobre o muro, e depois este caiu sobre a família. De imediato foram chamados os meios de socorro, com a corporação dos #Bombeiros Voluntários de Fão a deslocar para o teatro de operações três ambulâncias. Também a Viatura Médica de Emergência e Reanimação foi solicitada face aos registos vindos da ocorrência que davam a situação como “muito grave”.

Apenas menino inspirava maiores cuidados

No entanto, e ao que foi possível apurar junto de fonte próxima dos Bombeiros Voluntários de Fão, apenas o menino de oito anos inspirava maiores cuidados. “Mesmo assim a situação não era tão grave como nos foi descrita aquando do alerta”, referiu fonte dos Bombeiros Voluntários de Fão. A mãe e filho com apenas dois anos sofreram pequenas escoriações.

Vítimas transportadas para o Hospital de Braga

Todas as vítimas, e com o apoio do médico e enfermeiro da Viatura Médica de Emergência e Reanimação estacionada no Hospital de Barcelos, foram transportadas para o Hospital de Braga. “Todos foram considerados feridos ligeiros. Estão bem e devem ter alta durante a noite”, indicou fonte do Hospital de Braga.

GNR investiga

Já esta manhã de terça-feira, uma patrulha da Guarda Nacional Republicana do posto territorial de Esposende do Destacamento de Barcelos realizou várias diligências no local do acidente - situado muito perto do local onde a mesma Guarda Nacional Republicana de Esposende havia sofrido um acidente de viação quando seguia para incêndio florestal –, junto dos proprietários da casa e terreno de onde caiu a viga e muro. #Tragédia