No próximo dia 12 de Fevereiro o público aficionado pela música instrumental e coral terá oportunidade de assistir ao espetáculo “Opera per Tutti”, que terá lugar no auditório municipal de Esposende pelas 21h30. Segundo fonte do grupo, este espetáculo nasce com o “intuito de levar as grandes aberturas e grandes árias de ópera a todo o público". O projeto é formado por um grupo de músicos profissionais e cantores líricos com uma vasta experiência na #Música clássica, que desenvolve um repertório que congrega grandes aberturas de ópera (instrumental) e grandes árias de ópera interpretadas por solistas: tenor e soprano.

Desde as mais conhecidas árias de tenor como Nessun Dorma, Sole Mio ou La Donna è Mobile, até às grandes árias de soprano como Habanera – Carmen, Casta Diva ou O Mio Babbino Caro, passando pela abertura do famoso “Barbeiro de Sevilha”, o projeto “Opera per Tutti” desenvolve uma Gala de Ópera num concerto inesquecível, levando ao público o que de melhor é apresentado nos grandes teatros clássicos e dando a conhecer a todos este género musical tão apreciado pela maior parte do público.

Com um efetivo de 11 músicos, dos quais 9 nos naipes instrumentais, mais 2 cantores líricos - um tenor e uma soprano, este grupo conta com a direção musical de Filipe Cunha, sendo também este responsável pelos arranjos musicais das obras apresentadas.

Sendo este espetáculo apresentado em Esposende, é pertinente referir a presença neste grupo do trompista Henrique Torres, natural de Antas e membro da filarmónica local; é músico profissional, desenvolvendo a sua carreira no exército e em outras organizações da sociedade civil, dedicando-se ao ensino e à promoção da arte musical.

O espetáculo, promovido pela Câmara Municipal de Esposende, insere-se na estratégia do município da valorização e diversificação da oferta cultural, usufruindo os munícipes de diversos espetáculos culturais apresentados no renovado espaço do auditório municipal. A maioria dos espectáculos apresentados tem entrada livre, como é o exemplo do espectáculo acima mencionado, ou são cobrados valores simbólicos de entrada. 

Veja o vídeo com a atuação do projeto Opera per Tutti:

#Entretenimento #Autarquias