Depois da centenária procissão dos Passos, que aconteceu no passado Domingo, a União de Freguesias de Belinho e Mar, nas quais se integram as paróquias de S. Pedro de Belinho e S. Bartolomeu do Mar, prepara-se para vivenciar o relato da Paixão de Cristo através da representação ao vivo que terá lugar no próximo sábado pelas 21h30 no adro paroquial de S. Bartolomeu do Mar. Organizada pelo Agrupamento de Escutas, núcleo de Mar, esta representação bíblica das últimas horas da vida de Cristo e a sua consequente Ressureição é já um marco da vivência religiosa da Comunidade de Mar.

Veja aqui o compacto da edição de 2014 da Via Sacra ao vivo, uma cortesia Esposende Serviços TV:

Tal é a adesão à iniciativa que o Município de Esposende, na procura da afirmação do #Turismo religioso na Cidade de Esposende, resolveu integrar esta celebração na promoção cultural alusiva à Pascoa, integrando esta iniciativa no conjunto das celebrações pascais, das quais se destacam as celebrações da Semana Santa de Esposende, as Festas do Senhor Bom Jesus de Fão e o Senhor aos Enfermos em Belinho, que tem lugar nas respectivas comunidades no Domingo de Pascoela, uma semana após o Domingo de Páscoa.

No próximo Domingo, denominado Domingo da Paixão, têm lugar as celebrações próprias do Domingo de Ramos, ao que se seguem as celebrações do tríduo Pascal, culminando no Domingo de Páscoa com a tradicional visita Pascal que nas comunidades de Belinho e de Mar se reparte por dois dias, Domingo de Páscoa e a Segunda-feira seguinte. Como referido, as freguesias de Belinho e Mar, integradas em União aquando da última reforma administrativa, agrupam as paróquias de S. Pedro de Belinho, dirigida pelo sacerdote José Manuel Ferreira Ledo, ao passo que a Paróquia de S. Bartolomeu do Mar é servida pelo pároco Manuel Domingos Sampaio Viana. Cada uma delas tem uma dinâmica celebrativa muito própria para cada época.

No passado Domingo decorreu em Belinho a Procissão dos Passos, este ano assinalando a sua centésima realização, que compreende os tradicionais sermões do pretório, na saída da Igreja Paroquial de Belinho, o sermão do encontro junto ao escadório do monte da Srª da Guia na mesma localidade e o Sermão do Calvário no regresso à Igreja Paroquial.

Restaurada na década de 70 pelo Abade de Belinho, José Costa Leal, esta manifestação de fé é descrita pelos historiadores locais, entre os quais Manuel Torres, anterior autarca de Belinho, como a manifestação do género com mais antiguidade realizada no Concelho de Esposende, tendo a particularidade de no seu percurso percorrer os calvários, representação anterior da Via Sacra através de 8 momentos fundamentais da paixão alojados em 8 pequenas ermidas dispostas no percurso processional.

Esta celebração dos Passos é um primeiro momento fervor religioso que antecede as celebrações pascais na localidade, que culmina com a realização da procissão eucarística denominada “Sr. aos Enfermos”, que ocorre nesta localidade no Domingo seguinte à Pascoa, motivando grande adesão popular.

Veja aqui um vídeo documental da Procissão dos Passos em Belinho:

#Religião #Autarquias