No próximo dia 2 de Abril, no Auditório Municipal de Esposende, pelas 21h30, a fadista Filipa Menina apresentará o seu primeiro CD, intitulado "Fado com Alma". O jornalista Mário Fernandes, na publicação Notícias de Esposende, descreve da seguinte forma o primeiro trabalho gravado da artista: “Com este álbum, composto por treze canções, a fadista quer presentear todos quantos a têm seguido pelas salas de todo o país e levar-lhes, neste álbum, a sua magnífica voz, a sua energia, o seu sorriso e a sua alegria contagiante. Espera poder continuar a contar com o apoio e o carinho do público maravilhoso que sempre a segue, acompanha e lhe dá o prazer da sua companhia. A todos dedica este 'Fado Com Alma', para tocar aalma de cada um de nós”.

Esta composição discográfica tem a particularidade de conter dois temas gravados com acompanhamento da Banda de Antas, sendo eles "Barco Negro", com arranjo de Xavier Ribeiro, e "Sr. Vinho" num arranjo de Eduardo Lima, gravados na Casa da #Música de Antas. Esta curiosa junção resulta de uma parceria da banda de Antas e da fadista Filipa Menina num concerto de tributo ao fado e comemoração do 125º aniversário dos Bombeiros de Esposende, no passado mês de Agosto.

Ana Filipa Fonseca Menina nasceu em 1988 e é natural de Esposende, mas reside em Apúlia. Começou a cantar aos 15 anos em karaokes, tendo-se desde logo evidenciado, arrecadando vários prémios.

O gosto pelo fado surgiu um pouco mais tarde, quando Filipa Menina assistiu a um espectáculo de fado, em Esposende. Começou então a participar nos ensaios do Grupo de Fados de Esposende, tendo participado em vários espectáculos.

Contudo, a verdadeira paixão por este género musical despertou aos 17 anos, num espectáculo da fadista Eliana Castro, numa casa de fados de Barcelos. A fadista tornou-se então a sua madrinha artística, com Filipa Menina a acompanhá-la em diversos espectáculos.

Com a morte da fadista, uns anos mais tarde, Filipa fez um interregno na sua “carreira”. Contudo, o amor pelo fado falou mais alto e voltou aos palcos. Segundo palavras da própria: “O fado faz- me rir, chorar, é a única música que me deixa com os sentimentos à flor da pele, logo cantarei até que a voz me doa".

Veja aqui um dos temas do novo CD :

#Concertos