Realizam-se em Antas as festas em honra de Santa Tecla, Santa Luzia e Santa Bárbara, na capela situada no lugar de Guilheta, na mesma freguesia, junto à margem esquerda do Rio Neiva, um dos sítios mais idílicos da freguesia. Consideradas por muitos emigrantes e forasteiros como as últimas festas do Verão, esta festividades realizam-se anualmente no primeiro fim-de-semana de Setembro, este ano nos dias 2, 3 e 4 de Setembro.

Serve esta festa para honrar os santos venerados na capela junto ao rio, a mais antiga edificação do género em Antas, e também para os visitantes queimarem os últimos cartuchos antes do regresso a mais um ano de trabalho.

A comissão de festas desenvolveu ao longo do ano várias actividades de angariação de fundos. Para além dos tradicionais peditórios, funcionou um bar de angariação de fundos junto ao recinto da capela, proporcionando vários momentos de convívio e lazer.

Para além destas actividades, destacam-se ainda os passeios equestres organizados pelos entusiastas da modalidade em apoio à realização das festas, proporcionando outro tipo de lazer e ajuda a todos que quiserem contribuir para a realização das festas.

O programa delineado pela comissão de festas segue o modelo das festividades na região e traduz-se nos seguintes acontecimentos lúdicos e religiosos:

  • Sexta-feira, 2 de Setembro, às 22 horas: actuação do grupo Função Públika
  • Sábado, dia 3 de Setembro, às 15 horas: entradas das bandas filarmónicas de Antas e de Freamunde, prolongando o seu concerto pela noite dentro.
  • No Domingo: às 10h30 missa solene em honra de Santa Tecla; às 16 horas realiza-se a procissão solene em sua honra, precedida pela entrada no recinto do grupo de Zés Pereiras de Antas e Banda de Antas, que acompanharão a procissão e proporcionarão momentos de #Entretenimento no recinto.

Do aspecto religioso há ainda a reter as eucaristias realizadas ao longo da semana na capela, com palavras de louvor aos santos festejados. 

A Festa de Santa Tecla Antas torna-se pitoresca e atractiva aos naturais e forasteiros por ser realizada num sítio de rara beleza enquadrado pelo Rio Neiva, facto que permite que sejam realizados acontecimentos que são uma tradição nestas festas: o convívio e concurso de pesca no Sábado de manhã e a sessão de fogo aquático e cachoeiras no leito do rio Neiva, no sábado às 24 horas.

Veja aqui imagens da sessão de fogo-de-artifício e aquático realizada pela pirotecnia residente em Antas e responsável pelas imagens:    

#Música #Religião