Uma colisão rodoviária entre duas viaturas pesadas de mercadorias resultou numa vítima encarcerada. Segundo foi possível apurar pelo Esposende 24, o acidente aconteceu na Auto-Estrada A28, no troço da via que atravessa o concelho de Esposende.

Segundo informações recolhidas juntos dos #Bombeiros Voluntários de Esposende, o sinistro aconteceu no sentido Porto / Viana do Castelo na freguesia de Vila Chã num local onde a via ganha alguma inclinação.

"O alerta foi dado pouco depois das 15:31 horas", indicou Júlio Melo, adjunto do comando da corporação dos Bombeiros Voluntários de Esposende e comandante das operações de socorro (COS) no teatro de operações (TO).

Publicidade
Publicidade

O condutor de uma das viaturas ficou mesmo encarcerado no interior da cabine do camião. " Um dos camiões, envolvidos no acidente, acabou por capotar lateralmente face ao embate e o condutor ficou preso no seu interior. Mas estava consciente e cooperante", referiu Júlio Melo.

O trânsito na A28 teve mesmo que ser cortado numa das faixas de rodagem, nomeadamente no quilómetro 51.8, para os bombeiros e a equipa de apoio da Viatura Médica de Emergência e Reanimação (VMER) procederem ao socorro da vítima.

Para além dos elementos da corporação dos Bombeiros Voluntários de Esposende, que deslocaram para o local uma viatura de desencarceramento, no teatro de operações estiveram ainda os Bombeiros Voluntários de Fão, com ambulância, e a Viatura Médica de Emergência e Reanimação de Barcelos, do Instituto Nacional de Emergência Médica.

Publicidade

A Brigada de Trânsito (BT) da Guarda Nacional Republicana (GNR) de Viana do Castelo tomou conta da ocorrência que condicionou o trânsito naquela movimentada via, mas sem provocar grandes constrangimentos aos condutores que aquela hora passavam na sempre movimentada A28.

Segundo fonte do Hospital de Viana do Castelo, local para onde foi transportada a única vítima do acidente rodoviário, os ferimentos foram considerados "ligeiros".

Local de alguns acidentes

Segundo fonte das autoridades, o local, uma subida rumo à zona do Castro de São Lourenço, é palco de alguns acidentes. "Até porque este local da A28 é uma zona onde há muitas viaturas pesadas que vão em marcha lenta, acabando por apanhar alguns condutores distraídos que acabam por incorrer em traseiradas violentas que resultam por vezes em ferimentos graves e até em vítimas mortais", confirmou fonte da autoridade ao Esposende 24. #INEM #Acidente de Aviação