1 - Escolher o seu pássaro de estimação

Em primeiro lugar deve pensar na razão por que quer ter este animal de estimação. Este é sem dúvida o ponto de partida. Por vezes cai-se no erro de comprar esta ou aquela raça, pela atração imediata que esta provoca no comprador, quer seja pela sua beleza, canto, ou ambos, mas este pensamento está errado. Deste modo deve-se ponderar se o animal é para colocar dentro de casa, ou se vai construir um viveiro ao ar livre, se é um pássaro para companhia, para ensinar a falar, ou apenas para o distrair. Mediante as suas escolhas deve adquirir um que vá de encontro às condições que quer e pode oferecer ao animal.

2 - Adquira um pássaro saudável

Ao adquirir o seu animal de estimação, veja o seu comportamento na gaiola ou viveiro, de forma a tentar despistar alguns aspetos reveladores de doenças, tais como uma aparência triste, pouca actividade, isolamento, se dorme constantemente, manchas na plumagem junto ao bico, asas pendentes na lateral do corpo, magreza. Outro aspeto será a observação do bico, de forma a verificar a existência de deformações que possam perturbar a alimentação; as garras soltas também podem afetar a capacidade do seu pássaro se fixar nos poleiros ou ramos.

3 - Escolha a alimentação para o seu pássaro

Sem dúvida que as sementes são a alimentação da maioria das aves domésticas. Estas dividem-se em dois grupos distintos: os cereais, milho, farinhas e as sementes oleaginosas, como por exemplo o girassol. No entanto, muitas espécies também apreciam uma dose diária de fruta, como a laranja, maçã, romã e framboesas. Os legumes são uma importante fonte de nutrientes, por isso deve dar-se todos os dias, uma dose espinafres, que contêm as vitaminas A e B1, ferro e cálcio.

4 - Verifique a água que os seus pássaros ingerem

A água deve ser fresca e deve substituída diariamente, em alguns casos várias vezes ao dia. Este tipo de procedimento é fundamental para evitar que os seus pássaros bebam água suja. Para evitar que a água fique contaminada, utilize recipientes (bebedouros) fechados, que libertem apenas uma porção de cada vez. A posição dos bebedouros deve ficar um pouco acima dos poleiros, de modo a evitar que estes se sujem com as fezes.

5 - Higiene na gaiola

Semanalmente deve limpar a sua gaiola/viveiro; para isso coloque os pássaros num viveiro temporário, até á limpeza estar concluída. Deve lavar com água quente e sabão, enxague e deixe secar. Não esquecer de proceder também à desinfeção dos poleiros, comedouros e da base da gaiola, utilizando para o efeito, lixívia.

6 - Cuidados a ter no inverno

No inverno é necessário ter alguns cuidados especiais com os seus pássaros, nomeadamente com o aquecimento extra na sala onde estão, para que não haja grandes discrepâncias de temperatura. #Animais