A carne de vinha-d'alhos é mais um dos deliciosos pratos típicos na Ilha da Madeira. Está mais presente na altura do Natal, mas é um prato apreciado por muitos. É feito com carne de porco, vinho branco ou vinho regional (vinho seco, produzido artesanalmente na região por populares), vinagre, alho, louro, sal e pimenta e deixado a marinar durante pelo menos de um dia para o outro, mas preferencialmente dois a três dias. Na hora de comer pode ser frito juntamente com a marinada e um pouco de banha de porco.

Há também quem junte à cozedura da carne pimpinela (chuchu) e nabo fatiados.

A Carne em Vinha d'Alhos normalmente serve de entrada no almoço familiar de Natal. No entanto, é servida em muitas ocasiões festivas, arraiais populares e diversas festividades, em sandes a acompanhar com vinho da região. 

Esta mesma receita pode ser apresentada com batatas cozidas. Nesse caso, deixa-se a carne cozer totalmente e cozem-se as batatas à parte.

Ingredientes:

  • 1/2l de vinho branco;
  • 1kg de carne de porco magra;
  • 1 Folha de louro;
  •  3 Dentes de alho grandes;
  • 2cl de vinagre de vinho;
  • 100g de pão regional fatiado;
  • 1 laranja cortada em rodelas;
  • 2 cravinhos da índia;
  • 60g de banha;
  • 4g de pimenta-preta;
  • Sal marinho q.b.;
  • 1dl de azeite;
  • Salsa 

Preparação:

Corte a carne em cubos. Regue com o vinho e o vinagre. Junte o louro, os alhos esmagados e os cravinhos. Tempere com sal e pimenta. Deixe assim a marinar durante 6 horas no mínimo. Core a carne numa frigideira com a banha, até que esta fique dourada. Sirva com as rodelas de laranja e pão frito em azeite, enfeitando com raminhos de salsa.

Receita:

Corte a carne em cubos e coloque no fundo de uma panela ou bacia larga e funda; se for de barro, melhor. Tape o fundo com a carne e cubra com sal, pimenta, alhos esmagados e as ervas aromáticas. Depois alterne camadas de carne e de tempero até a carne acabar. De seguida, prepare a marinada que vai juntar à carne (varia consoante a quantidade de carne, mas por cada litro de vinho branco, junte meio litro de vinagre e 250ml de vinho tinto. A marinada deve cobrir completamente a carne. Deixe marinar, no mínimo, de um dia para o outro, mas se ficar dois a três dias, tanto melhor; não se estraga, desde que fique à temperatura ambiente ou abaixo.

Para cozinhar, coloque todo o conteúdo numa panela, durante cerca de meia hora ou até que fique cozinhada, mas não desfeita. Após a cozedura deverá haver uma camada de gordura por cima da carne à tona da marinada. Esta gordura servirá para fritar a carne (quem quiser, pode servir logo após a cozedura). Na Madeira, guarda-se a marinada para molhar fatias de pão caseiro e fritá-las com a carne.

Se quiser, antes de molhar as fatias de pão, cozinhe a pimpinela (chuchu) e/ou o nabo na marinada em fatias finas e sirva-as com a carne. #Culinária #Natal