Embora muitos acreditem que não passa de um mito urbano, os ratos e as ratazanas podem efectivamente caminhar pelos canos das nossas casas e aparecer dentro da nossa sanita. Estes acontecimentos devem-se ao facto de os ratos tentarem fugir dos esgotos, por razões ainda não conhecidas e, ao fazê-lo, encontram as canalizações das habitações. Esta situação está a acontecer um pouco por todo o mundo, com maior ênfase nas grandes cidades. Esta preocupação crescente levou a National Geographic a divulgar um vídeo no qual mostra a facilidade e desenvoltura com que um rato pode passar pelos sistemas de esgoto e acabar na sanita.

A preocupação torna-se ainda maior pelo facto de a taxa de reprodução destes roedores ser muito alta, com um período de gestação de apenas 20 dias e com ninhadas de entre 10 e 20 crias.

O vídeo mostra como os ratos e as ratazanas são flexíveis, nomeadamente ao nível da coluna que, pelo facto de ser bastante articulada, permite que passem em espaços bastante estreitos, com até um quarto do seu tamanho.

Outra das grandes capacidades destes pequenos #Animais é o facto de conseguirem nadar até 3 dias seguidos. “Primeiro, ele pode facilmente esgueirar-se por ralos ou tampas de esgoto abertas na rua. Canos de esgoto residenciais alimentam o túnel principal e um rato pode considerar esse caminho uma oportunidade irresistível para a exploração”, descreve o vídeo.

O facto de possuírem garras afiadas permite-lhes escalar por dentro dos tubos, mesmo na vertical, sem grande dificuldade, tornando-se o caminho um pouco mais difícil quando chegam à sanita mas, tal como explica o vídeo: "A passagem subaquática não deixa espaço para o ar. Porém, o rato encontra uma bolsa de ar suficiente para ajudar a empurrá-lo para o fim da linha”.

O facto de estes roedores se alimentarem através de um processo chamado coprofagia, ou seja, através da ingestão de restos de alimentos não digeridos encontrados nas fezes, faz com que os esgotos sejam autênticos banquetes.

Por isso, tenha atenção da próxima vez que estiver na sanita: verifique bem antes de sentar!

#Curiosidades