Tem origem na lava do estado norte-americano do Havai o fungo com cerca de 600 anos, com cor laranja e cujo cheiro causa orgasmos imediatos nas mulheres. O fungo, denominado de Dictyophora, foi estudado em 2001 na sequência do surgimento de relatos em que com o seu cheiro as mulheres atingiam o orgasmo sem ato sexual, segundo avança o site Notícias ao Minuto. Na pesquisa, levada a cabo por John C. Holliday e Noah Soule, é feita a descrição do fungo como tendo a forma de um cogumelo e possuir um odor característico capaz de levar as mulheres a atingir o clímax. Designado como o fungo da alegria, o Dictyophora encontra-se nas lavas vulcânicas lançadas há 600 anos atrás no estado do Havai, Estados Unidos da América. 

Foram feitos estudos com 36 voluntários, 20 do sexo masculino e 16 do sexo feminino, que tinham de cheirar o fungo. De acordo com os resultados da pesquisa, seis voluntárias, após cheirar o fungo, tiveram orgasmos leves. As restantes 10 voluntárias, que estiveram expostas a doses mais pequenas, registaram um aumento do ritmo cardíaco. Os cientistas, através das análises registadas, referem que o fungo apresenta compostos semelhantes a hormonas com caraterísticas idênticas aos neurotransmissores libertados durante o sexo. Relativamente aos 20 participantes do sexo masculino não se verificaram quaisquer reações.  

Apesar dos resultados da experiência levada a cabo, a ciência ainda não encontrou explicação para a ocorrência, apenas que o odor do fungo é "repugnante". O facto da amostra ser demasiado pequena é uma das razões para que não se tirem conclusões empíricas e cientificamente válidas. Dos participantes no estudo, apenas seis conseguiram alcançar o orgasmo, vinte sentiram repugnância e dez um ligeiro aumento da frequência cardíaca. Para além de vigiar os batimentos cardíacos, os cientistas não conseguem provar que as mulheres atingiram o clímax, segundo o site Mega Curioso. Porém, Dictyophora é notícia no The Independent pelo que consegue invocar no sexo feminino. 

O comércio deste afrodisíaco cresceu bastante nos últimos anos devido a orgasmos instantâneos nas mulheres#Curiosidades #Insólito