Pouco mais de um século após o nascimento da nação portuguesa, D. Dinis assinou o Scientiae Thesaurus Mirabilis, dando origem à Universidade mais antiga de Portugal e a uma das mais antigas do Mundo. Este documento, datado de 1 de Março de 1290, dá início ao Estudo Geral (Studium General) e é reconhecido no mesmo ano pelo Papa Nicolau IV. A Universidade começou a funcionar em Lisboa e foi transferida para Coimbra em 1308, alternando entre as duas cidades até ao século XVI, em 1537, altura em que foi instalada definitivamente na cidade de Coimbra. Todo este processo transformou Coimbra numa cidade universitária, a "Cidade dos Estudantes", uma cidade dedicada ao conhecimento e aos estudos, cercada por um cenário repleto de tradição.

Volvidos 725 anos da fundação da Universidade de Coimbra (UC), a instituição celebra o aniversário com mais de 150 eventos que decorrerão de 1 de Março a 4 de Dezembro e juntam mais de 60 entidades que contribuirão nesta época festiva. O reitor da UC, João Gabriel Silva, expressa que "este ano há um encontro quase paradoxal entre o velho e o novo, o antigo e o futuro", referindo ainda a existência de um confronto constante com a globalização.

"Tempo de Encontro(s)" é o tema da XVII Semana Cultural da Universidade de Coimbra e está, este ano, ligada aos 725 anos da Universidade. São sete séculos e um quarto que procuram fomentar o encontro "com a #História da própria Universidade, num presente que se ocupa do passado para o projectar no futuro", de acordo com a página da instituição de ensino.

A Sessão Solene comemorativa dos 725 anos da Universidade de Coimbra decorrerá no Dia da Universidade de Coimbra, 1 de Março, pelas 14h30, no Auditório da Reitoria. Intervirá o Presidente do Conselho Geral da UC, Emílio Rui Vilar, será entregue o Prémio Universidade de Coimbra a José Quitério e será exibido em antestreia o documentário "UC 725 anos: Tempo de Encontro(s)". #Educação

A agenda comemorativa (promovida pela UC e em parceria com a Câmara Municipal de Coimbra) foi apresentada numa conferência de imprensa no dia 20 de Fevereiro que teve lugar na Sala do Carvão da Casa das Caldeiras e contou com a presença do reitor da UC, João Gabriel Silva, a vice-reitora, Clara Almeida Santos, o presidente da Câmara Municipal, Manuel Machado e a Vereadora da Cultura, Carina Gomes. O concerto de Adriana Calcanhotto (2 de Março, no TAGV) dá início às comemorações e a última actividade das celebrações é um congresso internacional sobre a Língua Portuguesa (3 e 4 de Dezembro). A agenda pode ser consultada no site da Universidade de Coimbra.