Um jovem de 21 anos de idade, que estava a praticar bodyboard numa praia da Figueira da Foz, sofreu ferimentos quando foi atingido por uma mota de água conduzida por um tripulante de uma estação de salva-vidas. O bodyboarder, residente naquela cidade do distrito de Coimbra, terá sofrido um traumatismo craniano. Foi imediatamente socorrido e transportado ao Hospital Distrital da Figueira da Foz onde deverá permanecer em observação. Fonte daquela unidade hospitalar refere que o jovem se encontra consciente, apesar de se apresentar atordoado, tendo sido submetido a exames complementares de diagnóstico.

O acidente ocorreu na manhã desta sexta-feira, 27 de Março, na zona da Praia da Casa, quando o tripulante da mota de água efectuava uma operação de rotina. O praticante de bodyboard terá mergulhado tendo ficado fora de visão e quando surgiu à superfícies deu-se o embate. A vítima foi socorrida de imediato pelo próprio condutor da mota de água. A Polícia Marítima abriu um processo de investigação com vista a apurar as causas daquele acidente.

As praias da Figueira da Foz apresentam condições naturais que convidam à prática dos vários desportos náuticos, como é o caso do surf e bodyboard. Existem na cidade várias associações e escolas que ensinam a modalidade, possuindo entre os seus praticantes alguns atletas com títulos nacionais e até internacionais. Verdadeiros campeões do bodyboard que são embaixadores da cidade. É habitual que a adrenalina das ondas do mar figueirense atraia muitos praticantes dos desportos, quer para treinos de competição ou simplesmente por desporto e lazer.

Tem sido também palco de algumas provas a nível nacional e internacional. Competições que habitualmente reúnem nomes de referência do bodyboard e surf, entre outras modalidades. A Figueira da Foz dispõe ainda aquela que é considerada a onda direita mais comprida do continente europeu, que tem contribuído para a promoção daquele território como um dos que dispõe de condições ímpares para a prática de desportos náuticos.