As diversas cantinas da Universidade de Coimbra estimam que, mensalmente, deitem ao lixo oito toneladas de resíduos alimentares. Um valor elevado que os Serviços de Acção Social pretendem reduzir. Por isso vão lançar uma campanha de sensibilização junto dos estudantes e colaboradores. A instituição, que disponibiliza 16 unidades alimentares, considera elevada a quantidade de alimentos que são desperdiçados. Mas reconhece que a sua redução depende da adesão da própria comunidade académica, embora considere que os estudantes, os docentes e os funcionários que diariamente frequentam as cantinas, estão sensibilizados para aquela questão.

Daí que, para além de uma campanha de sensibilização, os respectivos Serviços de Acção Social vai implementar outras medidas, que poderão passar, por exemplo, pela própria preparação das refeições. Ou seja, o aproveitamento de alimentos para sopas ou pratos que actualmente vão para o lixo. Exemplo disso, é o facto de partes de legumes poderem ser aproveitados para sopas, como é o caso dos caules das couves, ou a simples maçã que poderá ser servida com casca nas saladas de frutas.

Os responsáveis acreditam que uma alteração nos comportamentos poderá contribuir para uma redução dos desperdícios alimentares. Designadamente pedirem para serem servidos apenas com a quantidade de alimento que pretendem consumir e não em doses excessivas que acabam por ficar no prato após a refeição. Os serviços pretendem, ainda, fazer outros aproveitamentos como a utilização das claras dos ovos que sobram para confeccionar pudins molotov, evitando que as mesmas sejam deitadas ao lixo quando são aproveitadas apenas as gemas. #Educação

O maior número de unidades alimentares está localizado no Pólo I da Universidade de Coimbra, como o restaurante Universitário Colégio de Jesus, Cantina Central Sala A (cantinas azuis), Cantina Monumentais, Cantina Central Sala B, Sanduíche Bar, Cantina Químicas, Cantina S. Jerónimo, Bar Faculdade de Letras, Cantina Sereia, Cantinas Vermelhas, e Cantina Restaurante Estádio Universitário. No Pólo II existe o Complexo Alimentar Polo II, o Bar do Departamento de Engenharia Informática e o Centro Cultural Casa da Pedra. Por fim, no Pólo III existem a Cantina Restaurante Luzio Vaz e o Restaurante Universitário do Pólo III.