Os #Bombeiros encontraram um automóvel com um cadáver carbonizado quando procediam ao combate de um #Incêndio na serra da Lousã. O alerta foi dado para um incêndio florestal cerca das 12:30 horas desta quinta-feira, 6 de Agosto, em Candal, no concelho da Lousã. Só quando os bombeiros procediam ao combate das chamas é que se aperceberam da existência do veículo com um corpo no seu interior. As autoridades estão a investigar o caso, mas tudo indica ter-se tratado do despiste da viatura.

Quando os soldados da paz saíram do quartel para ir combater um incêndio florestal, estavam longe de imaginar o que iriam encontrar no local. Eram 12:28 horas quando à central dos Bombeiros Voluntários da Lousã chegou um alerta para o incêndio em Candal, junto à estrada que liga a Lousã, no distrito de Coimbra, a Castanheira de Pera, no distrito de Leiria. Durante o combate ao fogo os bombeiros depararam-se com um automóvel na ravina com um corpo no seu interior. O veículo estava totalmente destruído pelas chamas e o cadáver carbonizado, tendo sido transportado para o Instituto de Medicina Legal.

As autoridades policiais foram chamadas ao local e procederam às respectivas investigações no sentido de apurar as razões daquele achado macabro. Contudo, os primeiros indícios apontam para o despiste do automóvel numa curva apertada naquela estrada em plena Serra da Lousã, o que provocou a sua queda pela ravina, originando o incêndio.

O fogo acabou por alastrar ao povoamento florestal obrigando à intervenção de 93 operacionais, auxiliados por 27 veículos e 2 meios helicópteros, segundo dados fornecidos pela Autoridade Nacional de Protecção Civil (ANPC), que deu o incêndio como dominado cerca das 13 horas, tendo prosseguido as operações de rescaldo e vigilância.

Entretanto, ainda de acordo com a ANPC, às 13:42 horas eclodiu um incêndio na pequena aldeia de Poço Negro, no concelho vizinho de Pedrógão Grande, tendo as chamas propagado ao concelho de Figueiró dos Vinhos. A meio da tarde encontravam-se no teatro das operações cerca de 250 operacionais, auxiliados por 70 bombeiros e 7 meios aéreos. Mais um incêndio florestal a somar aos muitos que têm ocorrido neste período de Verão e que têm dado muito trabalho aos bombeiros. #Polícia