Os finlandeses Finntroll, que são uma das mais antigas e populares bandas a misturar folk e heavy metal, confirmaram que a sua digressão pelo sul da Europa em 2015, que visa celebrar dez anos do marcante álbum "Nattfödd", tem passagem marcada por Portugal, mais concretamente pela sala portuense Hard Club. O espetáculo acontece no dia 15 de Março (uma sexta-feira) e marca o regresso do coletivo escandinavo a Portugal depois de terem atuado em 2008 no festival Alliance em Carcavelos e no ano seguinte no festival Caos Emergente, em Paredes. "Nattfödd", o disco que estará em destaque na noite portuense, foi editado em Abril de 2004 e tornou-se um dos mais sérios casos de popularidade no universo do folk metal, chegando à 22.ª posição da tabela de vendas oficial finlandesa (a partir daí o projeto passou a ser presença assídua também nos tops de países Alemanha, Suécia ou Áustria).

Publicidade
Publicidade

Foi o terceiro trabalho de originais do grupo.

Aliando elementos musicais de black metal e humppa (espécie de mistura de jazz e foxtrot muito popular na Finlândia) e com letras em sueco que versam principalmente sobre trolls, natureza e mitos locais, os Finntroll formaram-se em 1997 e, desde aí, já lançaram seis álbuns de originais, três EPs e um disco (duplo) ao vivo. A carreira da banda ficou marcada por uma série de alterações na formação e por alguns infortúnios, sendo o mais mediático o falecimento do guitarrista Somnium (nome verdadeiro, Teemu Raimoranta) que em 2003, aos 25 anos, saltou de uma ponte em Helsínquia para a morte, naquilo que foi explicado pelas autoridades como um acidente de uma pessoa "intoxicada", mas que alguns colegas músicos deram a entender ter sido suicídio.

Publicidade

Ainda em 2003 o vocalista Katla (nome verdadeiro, Jan Jämsen) foi obrigado a abandonar o grupo devido a um tumor que, ainda que benigno, lhe afetou as cordas vocais e o impediu de prosseguir a carreira.

Se ao longo dos anos a abordagem musical dos Finntroll foi evoluindo para uma direção mais melódica e vincadamente tradicional, foi em "Nattfödd" que o coletivo de Helsínquia potenciou toda a energia, genialidade e vitalidade da mistura de heavy metal extremo com o mais festivo lado da #Música popular finlandesa. É esse o mote da festa para a noite de 15 de Março, que os fãs de folk metal não vão querer perder. A primeira parte do concerto será ocupada pelos dinamarqueses Hatesphere e pelos finlandeses Profane Omen. #Entretenimento