Joe Cocker, cantor britânico conhecido por interpretar uma série de clássicos, dos quais o mais famoso foi a versão do tema "With A Litle Help From My Friends", dos The Beatles, faleceu ontem à noite, depois de perder a batalha contra um cancro do pulmão. A notícia foi confirmada pelo manager do músico, Barrie Marshall. Cocker tinha 70 anos, dois quais 40 foram de uma carreira irrepreensível que lhe valeu 23 álbuns de originais, inúmeros discos ao vivo, incontáveis digressões por todo o mundo, um Grammy (para o dueto com Jennifer Warnes no tema "Up Where We Belong", em 1983) e vários hits à escala planetária.

"Foi com um enorme pesar que soubemos que Joe Cocker faleceu a noite passada", disse Barrie Marshall em comunicado à imprensa.

Publicidade
Publicidade

"Era sem dúvida a maior voz de rock/soul que alguma vez saiu da Grã-Bretanha e manteve-se sempre o mesmo homem ao longo da vida. Era uma verdadeira estrela e também um homem bom e humilde que adorava atuar. Quem alguma vez o viu ao vivo nunca o esquecerá", continuou. As reações à morte do cantor seguiram-se e uma das mais notadas foi a do ex-Beatle Paul McCartney, que referiu ir estar "Para sempre agradecido" a Cocker por "Ter transformado a #Música 'With A Little Help From My Friends' numa canção soul". Outros músicos que já manifestaram o seu pesar incluem nomes como Ringo Starr (ex-The Beatles), Steve Tyler (vocalista dos Aerosmith), Bryan Adams e Frank Turner. Edgar Berger, presidente da Sony Music Entertainment International, editora do cantor, referiu que se tratava "De um dos homens mais humildes que já conheci".

Publicidade

Joe Cocker marcou toda uma geração. Temas como "With A Little Help From My Friends", mas também "You Are So Beautiful", "Up Where We Belong", "You Can Leave Your Hat On" ou "Unchain My Heart" fazem parte da história do rock/soul e do imaginário coletivo de quem aprecia música. O músico, antigo instalador de gás, começou a sua carreira a cantar em pubs e bares da área de Sheffield nos anos 60, antes de chegar ao estrelato. Era conhecido pela voz rouca e pela forma espasmódica como se mexia quando interpretava as suas canções. Faleceu no Colorado, E.U.A., onde residia atualmente, mas a sua voz vai viver para sempre. #Famosos