A febre dos super-heróis atacou e não dá ares de ir desaparecer tão cedo. Todos os dias são divulgadas novas futuras adaptações de bandas desenhadas. Mas será que há público para tanto super-poder? O melhor será ir por partes porque, verdade seja dita, qualquer um se perde entre tanto anúncio e publicidade. Afinal de contas, daqui até 2020 temos, até agora, 40 novos #Filmes confirmados.

Comecemos pela Marvel - pertence agora à Walt Disney Company - que tem dado já bastantes cartadas na última meia dúzia de anos. Em 2015, as apostas são Avengers: Age of Ultron e Ant-Man. No ano seguinte, temos Captain America: Civil War e Dr. Strange. Já em 2017, há o Guardians of the Galaxy 2, Thor: Ragnarok e Black Panther. A seguir, chega Avengers: Infinity War 1, Captain Marvel e Inhumans. Finalmente, em 2019, sai o Avengers: Infinity War 2 e fecha-se o ciclo.

Já está cansado? Mas ainda faltam muitos. Passemos então à DC Comics pela mão da Warner Bros. Em 2016, temos Batman v. Superman: Dawn of Justice e Suicide Squad. No ano seguinte, Wonder Woman, Justice League e Lego Batman. Em 2018, chega as salas The Flash e Aquaman e, em 2019, Shazam e Justice League 2. Para terminar, 2020 aposta em Cyborg e em mais um Green Latern.

Há ainda a Fox. Em 2015, sai Fantastic Four e, em 2016, Deadpool e X-Men: Apocalypse. Em 2017, continua a onda dos mutantes com Wolverine 3 e chega Fantastic Four 2. O último será em 2018 e é mais um X-Men com título ainda por confirmar.

Para terminar, a Sony Columbia. No final de 2016, surge Sinister Six. Em 2017, temos um spin-off do Homem-Aranha em que a protagonista será uma mulher e ainda Yenon: Carnage. Já 2018 traz finalmente o Amazing Spiderman 3.

Mas há ainda uma série de películas já divulgadas cujas datas ainda não foram avançadas. São elas: X-Force, Gambit, Sandman, Justice League Dark e mais um Superman e um Batman. Recentemente, falou-se ainda na possibilidade de juntar o Quarteto Fantástico aos X-Men. E, quem sabe, com a recente fuga de informação da Sony poderão surgir ainda mais uns quantos nomes.

Recuperam-se assim os heróis de sempre tais como o Super-Homem, o Batman e o Homem-Aranha, mas começa-se também a apostar em todo um novo leque de super-poderes. Se alguns filmes são divertidos e leves, outros trazem-nos uma vertente mais soturna e séria. Felizmente, parece que para tudo isso há audiência.

A prova disso, pelo menos em Portugal, é o sucesso da primeira Comic-Con. Durante três dias, cerca de 30 mil pessoas acorreram à Exponor para alimentar a paixão pela banda desenhada, pelas séries e filmes e pelos videojogos. E não foram poucos aqueles que se vestiram à imagem do seu super-herói preferido.

O sucesso é tanto que até a boa velha Disney apostou nos super-poderes. Esta quinta-feira, chega-nos Big Hero 6 - Os novos heróis. E parece que será este o início da saga - se ainda não tiver começado, claro - do espetador em busca do último filme de super-heróis. Num #Cinema perto de si. #Entretenimento