No passado domingo, a Sony Pictures Entertainment enviou uma carta a entidades noticiosas para que não veiculassem informação que tenha sido obtida através do ataque pirata ao sistema informático da empresa. Há duas semanas, um grupo de hackers acedeu aos servidores da Sony e divulgou uma série de e-mails entre actores, realizadores, produtores e funcionários de topo da empresa, alguns dos quais com informações sensíveis sobre projectos futuros, salários, registos médicos e opiniões menos elogiosas acerca de algumas das estrelas de Hollywood. A Sony reage agora contra esse ataque, avisando a comunicação social, incluindo publicações como o The New York Times, o Gawker e o Re/code, que devem destruir as informações resultantes do ataque que têm em sua posse.

Publicidade
Publicidade

"A SPE não consente a vossa posse, retenção, crítica, copia, disseminação, publicação, upload, download ou qualquer uso da informação roubada," pode ler-se na carta entretanto publicada pelo Re/code.

No documento, pode ainda ler-se o que sucederá às entidades em causa, caso as exigências da Sony não sejam cumpridas: "A SPE não terá nenhuma escolha se não responsabilizá-lo por danos e perdas que surjam como resultado da disseminação da sua parte, incluindo danos ou perdas para a SPE ou outros, e incluindo [...] qualquer perda de valor de propriedade intelectual e segredos oficiosos resultantes das suas acções."

No cerne de toda esta celeuma está a comédia protagonizada por Seth Rogen e James Franco, Uma Entrevista de Loucos, com estreia prevista em Portugal a 29 de Janeiro, cujo enredo envolve o assassinato do líder norte-coreano, Kim Jon-un.

Publicidade

Na tentativa de prevenir a distribuição do filme, o grupo de hackers que reclama o ataque, e que se acredita serem de origem norte-coreana, tem vindo a divulgar parcimoniosamente o resultado da pilhagem informática à Sony. Para além das informações divulgadas durante o passado fim-de-semana, os piratas informáticos já prometeram uma avultada "prenda de natal" caso a empresa não desista de estrear e distribuir o filme. #Entretenimento #Cinema