O filme está a ser exibido em Portugal há apenas 4 dias e já bateu recordes inimagináveis. 'Avatar' seria o filme que havia gerado mais receitas, mas acabou por ser surpreendido com o incrível sucesso de "50 Sombras de Grey", apesar das críticas lançadas ao mesmo. A obra cinematográfica realizada por Sam Taylor-Johnson alcançou assim receitas mundiais de 218 milhões de euros, tendo gerado em Portugal 875 mil euros.

"50 Sombras de Grey" é um romance erótico de E. L. James que foi adaptado no cinema e teve mais de 160 mil espetadores no fim-de-semana de estreia, sendo o recorde de bilheteira do corrente ano. No Reino Unido é o filme para maiores de 18 anos de idade com a estreia mais lucrativa de sempre, e nos Estados Unidos da América a terceira.

Publicidade
Publicidade

A película estreou na passada quinta-feira e, em apenas 3 dias (de quinta a sábado), ganhou 81 milhões de dólares só nos Estados Unidos, algo que não foi totalmente inesperado tendo em conta os 47 mil bilhetes vendidos previamente para a primeira semana de exibição. No ranking do ICA (Instituto do Cinema e do Audiovisual) o filme ocupa a 16ª posição, numa tabela que conta com as estreias mais vistas de sempre em Portugal.

Apesar de toda a controvérsia que gira em torno das "50 Sombras de Grey", e da baixa classificação que apresenta no IMDb (4/10), a verdade é que se revelou um autêntico acontecimento nas salas de cinema. Muitas das críticas apontam para um filme fraco e que desilude os fãs, uma vez que a maioria das cenas mais eróticas são cortadas.

Uma das causas que poderá estar por detrás deste monstruoso sucesso tem a ver com o adiamento do filme por parte da produtora Universal.

Publicidade

Inicialmente previsto para Agosto, acabou por ser adiado para Fevereiro deste ano, altura em que se comemora o dia de São Valentim. A editora do site Box Office Guru afirmou à agência Gitesh Pandya que "este é o único fim-de-semana em todo o ano em que os homens vão ver um filme que não querem". Este adiamento provocou imenso suspense no público e levou muitos homens às salas de cinema, que provavelmente não compareceriam num outro dia. #Filmes