Depois de um sucesso monumental com a primeira edição, o festival Reverance Valada vai voltar à acção este ano, desta vez com datas apontadas entre dia 27 e 30 de Agosto. O local, esse, é o mesmo, na Praia Fluvial de Valada do Ribatejo no Cartaxo. Relembre-se que na década passada, este mesmo local foi palco de outro festival, o Festival Tejo, que na altura contou com nomes como Mão Morta, Ramp e Moonspell. Os primeiros nomes já confirmados são um misto de regressos com estreias absolutas no nosso país.

No primeiro grupo temos a banda de Évora Process Of Guilt (que tocaram num dos palcos secundários no ano anterior) e os ingleses The Horrors, que vão ser cabeças de cartaz. Em estreia absoluta temos os norte-americanos Sleep (eles também como cabeças de cartaz), os franceses Alcest, Stoned Jesus, Samsara Blues Experiment Electric Moon, Blown Out, Yawning Man, Calibro 35, The Dead Mantra, Magic Castles, Ancient River e ainda as bandas nacionais, Fast Eddie Nelson. #Entretenimento

Relembramos que na edição anterior, em apenas dois dias (não contando com o dia de abertura ao festival, onde foi montado um palco fora do recinto e a entrada era livre), passaram pelos três palcos de Valada mais de quarenta bandas. Se o formato for o mesmo, com a #Música a começar ao meio-dia e a durar até às 5 da manhã, esperam-se ainda muitas mais confirmações. Este festival é organizado pela Cartaxo Sessions e pela Câmara Municipal do Cartaxo, com a colaboração imprescindível da Lovers & Lollypops (responsável pelo também muito celebrado Milhões de Festa), com os promotores Club AC30 e o Sabotage Rock Club, sediado em Lisboa, e ainda o apoio da Junta de Freguesia de Valada e do Clube de Futebol Valadense - cujo campo foi usado para alojar o palco principal.



No ano anterior, a organização impressionou pelas condições fornecidas e pela forma como o lugar foi aproveitado da melhor maneira, havendo uma mini-feira com várias bancas a vender desde artesanato, roupa, merchandise oficial até artigos de produtos naturais. Valorizou-se por preencher uma grande lacuna no panorama da música alternativa em Portugal, já que reuniu nomes de bandas que se inserem desde o shoegaze, até ao stoner, doom, psicadélico, space rock. Os grandes nomes do ano passado foram bandas como Mão Morta, Electric Wizard, Kadavar, Hawkwind, Graveyard e Red Fang.


Já estão à venda os bilhetes que vão aumentando de preço conforme se aproximam as datas. Abaixo o preçário:



Passe 3 Dias

58 euros de 13 Fevereiro a 30 de Junho
65 euros de 1 de Julho a 26 de Agosto
70 euros de 27 a 29 de Agosto

Bilhetes diários para sexta e/ou sábado

35 euros de 13 Fevereiro a 30 de Junho
40 euros de 1 de Julho a 26 de Agosto
45 euros de 27 a 29 de Agosto



E finalmente, os bilhetes para quinta-feira, o primeiro dia

10 euros de 13 Fevereiro a 26 de Agosto
15 euros a 27 de Agosto