Uma equipa multidisciplinar está a tentar provar que duas obras são da autoria de Miguel Ângelo. São duas estátuas de dois homens de braços no ar, triunfantes, que montam duas panteras. A confirmarem-se as suspeitas dos peritos, serão estas as duas únicas esculturas de bronze existentes no mundo feitas pelo mestre italiano.

Tudo começou quando o proprietário, um colecionador particular britânico, solicitou a Paul Joannides, professor emérito de #História de Arte da Universidade de Cambridge, que avaliasse as peças. A investigação começou com Joannides a associar as esculturas aos desenhos Folha de estudos com a Virgem abraçando Jesus, um documento feito por um aluno do mestre Miguel Ângelo, que reproduz, fielmente e sem margem para dúvidas, vários esboços das peças de bronze.

Publicidade
Publicidade

O pequeno detalhe deste desenho do século XVI, que está exposto no Musée Fabre, em Montpellier, França, é a reprodução feita por um aprendiz de desenhos do mestre, revelando grandes semelhanças com as estátuas, num estilo muito usado por Miguel Ângelo nos seus conhecidos desenhos para escultura. Conforme explicou Joannides, o desenho revelava o traço vigoroso de Miguel Ângelo e as panteras parecem confirmar a suspeita, visto que há um conjunto de desenhos associados ao mestre que representavam felinos, e que estão actualmente expostos no Museu Albertina, em Viena.

As estátuas foram datadas, através de testes de raio-X realizados pela Universidade de Oxford, algures entre 1506 e 1510 e comparadas com outras obras do artista florentino da mesma época, tendo os investigadores concluído que existem enormes parecenças, sobretudo a nível da anatomia.

Publicidade

É do conhecimento geral que, além das suas magistrais peças em mármore, Miguel Ângelo trabalhou em bronze, mas nenhuma obra da sua autoria chegou aos nossos dias. Fez um David de bronze, que se perdeu durante a Revolução Francesa e uma estátua do Papa Júlio II, derretida em Bolonha para o metal ser usado para artilharia.

Se os cientistas estiverem correctos e se as suspeitas se confirmarem, então estas duas representações de dois homens nus em cima de panteras serão as últimas estátuas em bronze da obra de Miguel Ângelo. Estão actualmente no Fitzwilliam Museum, em Cambridge, expostas até ao dia 9 de Agosto.