O filme "As Cinquenta Sombras de Grey" ("Fifty Shades of Grey", no original), adaptado do romance da autora britânica E.L. James, é um daqueles casos de antecipação máxima por parte dos espectadores de todo o mundo. Isto é o resultado de uma constante máquina promocional da obra nestes últimos meses. Com estreia em Portugal no próximo dia 12, foi entretanto confirmado na antestreia do filme em Nova Iorque que falamos afinal de uma trilogia. Depois deste primeiro virão "As Cinquenta Sombras Mais Negras" e "As Cinquenta Sombras Mais Livres", igualmente adaptações dos dois outros livros da saga.

Apesar de ainda não oficializado pelos estúdios Universal Pictures, os actores principais Jamie Dornan e Dakota Johnson, o realizador Sam Taylor-Johnson e a própria E.

Publicidade
Publicidade

L. James fizeram esta revelação durante um evento de fãs da trilogia intitulado "Fifty Shades First", na sexta-feira passada. Após o anúncio, parece que os fãs ficaram em estado de euforia. O que é fácil de imaginar, tendo em conta o sucesso tremendo por todo o mundo que as três obras literárias tiveram, chegando em 2012 a Portugal, pela editora Lua de Papel. Nós por cá também já estamos viciados (já mais de 19 mil bilhetes foram vendidos para as primeiras sessões do filme).

Vício, tema que é exactamente abordado pelos livros, que retrata uma relação de desejo, dependência e tormento entre os personagens Christian Grey e Anastasia Steele. Mas a grande antecipação vai, sem dúvida, para os supostos 20 minutos de sexo que existem no filme (em 125 minutos). Um aparente recorde de cenas de sexo no #Cinema.

Publicidade

Cá por mim, estou mais entusiasmada por ver o apartamento de Christian Grey, onde se poderão encontrar em cena mais de 30 peças de mobiliário vindas do nosso pequeno Portugal (mais especificamente de Rio Tinto, criadas pelo atelier Menina Design). Será que algumas dessas peças marcarão presença nas cenas de sexo ousadas? É esperar para ver.

O filme é exibido em seguida no Festival de Cinema de Berlim, a 11 de Fevereiro, e nas nossas salas (como já referido) no dia seguinte. A tempo dos Dia dos Namorados como não poderia deixar de ser. #Filmes