Em Sintra está localizado aquele que foi recentemente considerado o "castelo" mais bonito da Europa. Trata-se do Palácio Nacional da Pena e foi eleito pela organização European Best Destinations como o mais belo de todos os melhores castelos europeus. Segundo a organização, todos os castelos desta lista estão imbuídos de uma forte componente histórica, contando-nos enredos de "reis, alianças e vinganças", de guerras, conquistas de nações e regiões e lá viveram famílias que fizeram parte da #História da Europa. Sendo uma das maiores expressões do romantismo novecentista em território português, o Palácio e o Parque da Pena, duas obras que resultaram da criatividade do Rei D.

Publicidade
Publicidade

Fernando II, Príncipe de Saxe-Coburgo e Gotha e Rei consorte casado com a Rainha D. Maria II, têm fortes influências dos estilos Manuelino e Mourisco, tal como salientou a European Best Destinations.

A sua construção foi alicerçada num princípio básico: o palácio tinha de ser visível em qualquer ponto do Parque, um espaço composto por uma floresta e por jardins onde se podem conhecer mais de 500 espécies de árvores provenientes de todo o Mundo. Construído a cerca de 500 metros de altitude, o Palácio Nacional da Pena foi a residência de Verão da Família Real Portuguesa, entre 1838 e 1910. A partir de 1920 foi transformado em casa museu, passando a estar disponível para visita do público com a denominação de Palácio Nacional da Pena, um dos mais notáveis exemplares da arquitectura portuguesa do Romantismo.

Publicidade

No dia 7 de Julho de 2007 foi eleito como uma das Sete Maravilhas de Portugal. Além disso, foi em 2013 o monumento mais visitado do país, contabilizando 755735 visitantes.

Conheça os quinze castelos mais bonitos da Europa:

Palácio Nacional da Pena (Portugal), Alcázar de Segóvia (Espanha), o Palácio de Neuschwanstein (Alemanha), que foi a inspiração do conhecido Castelo da Cinderela da Disney, preenchem o top três. A par destes, da Alemanha temos o Castelo de Hohenzollern, Eltz e o Schwerin. De França, o Chambord e o Trevarez. Da Roménia, o Corvin e o Bran, mais conhecido como o Castelo de Drácula. Para finalizar a listagem estão ainda presentes o Walzin (Bélgica), Culzean (Escócia), Eilean Donan (Escócia), Windsor (Inglaterra) e o Hohenwerfen (Áustria).

Recorde-se que neste mesmo site está a decorrer a votação para o Destino Europeu do Ano, para o qual Lisboa é uma das cidades nomeadas.