A edição dos Óscares de 2015 está aí e este ano os nomeados são de alta qualidade. O que há de comum a todos eles é o facto de todos serem baseados em algo de muito real. Sejam aqueles que foram buscar inspiração a histórias verídicas como aqueles que, mesmo não o sendo, acabam por retratar situações extremamente reais. Vamos passar em revista cada um destes oito filmes. 


Sniper Americano - Realizado por Clint Eastwood, este é um filme polémico que ou se ama ou se odeia. A interpretação de Bradley Cooper é de topo, fazendo-nos sentir na pele o trauma do soldado que não consegue enquadrar-se na vida civil. Tirando a propaganda norte-americana, este é um filme sobre um soldado que apenas queria servir o seu país, dando tudo de si e cujo final deixa uma interrogação sobre o poder da violência no ser humano, e as cicatrizes profundas que deixa. Nomeado para 6 Óscares. 


O Jogo da Imitação - Baseado numa história verídica, sobre a maior obra de Alan Turing, o chamado pai do computador moderno. É impossível não nos apaixonarmos com a vida que Benedict Cumberbatch dá à sua personagem, extremamente complexa, e o papel que o génio de Turing teve no mundo, contrastando com a forma como foi condenado pela intolerância de uma sociedade demasiado pequena para ele. Nomeado para 8 Óscares.


Birdman ou (A Inesperada Virtude da Ignorância) - Um relato da inconformidade do ser humano e de como luta para ser relevante, mesmo quando tem todo o mundo contra si. Keaton tem uma actuação brilhante e o elenco que o suporta é de uma qualidade assombrosa. Nomeado para 9 Óscares. 


Selma - Poderoso retrato de um dos grandes triunfos de Martin Luther King, sobre um filme que nos mostra uma América racista que ainda não é um passado tão longínquo como se pensa. Nomeado para 2 Óscares.

Boyhood: Momentos de Uma Vida - Um filme que foi gravado em 45 dias num espaço de 12 anos, onde é possível acompanhar o crescimento de um rapaz e a sua vida familiar. A história é banal mas é essa banalidade que conquista ao longo de 3 horas, num retrato comovente daquilo que é crescer num mundo que nem sempre é compreensível. Nomeado para 6 Óscares. #Entretenimento

A Teoria de Tudo - Retrato comovente e real da relação de Stephen Hawking com a sua mulher, com uma interpretação do outro mundo de Eddie Redmayne. Nomeado para 5 Óscares. 


Grand Budapest Hotel - Uma comédia que não é imediata nem comercial, mas que mesmo assim deliciará todos os que gostam de um toque de classe no seu #Cinema. Cenários esplenderosos, grande elenco e um cuidado extraordinário com a imagem resultam num filme que é um assalto visual, quase que surreal. Nomeado para 9 Óscares.


Whiplash: Nos Limites - Gravado em apenas 19 dias, este é um candidato inesperado, mas também um dos mais fortes. Uma interpretação do outro mundo de J.K. Simmons (nomeado para melhor actor secundário) num filme que prova que não é preciso muito para se ter um grande filme, apenas uma boa história e boas interpretações e é isso mesmo que se tem aqui. Nomeado para 5 Óscares.