Todos os fãs ferrenhos dos Metallica vão ter mais coisas por ansiar enquanto o tão aguardado álbum de originais é lançado. Foi anunciado recentemente que a primeira gravação da banda, de seu título "No Life 'Til Leather", lançada originalmente em 1982, vai ser reeditada. Esta gravação é a única existente da formação original, que contava com o que viria a ser o fundador e líder dos Megadeth, Dave Mustaine e o baixista Ron McGovney, e foi o ponto de partida para o início da caminhada para o sucesso da banda norte-americana.

A gravação teve um enorme sucesso no underground, na cena de tape-trading (o que poderá ser comparado com a partilha de mp3 hoje em dia, sendo a única forma de divulgar #Música por canais não oficiais) e permitiu que a banda tivesse bastante actividade nos palcos e conseguisse construir uma reputação temível para uma jovem banda, que começou a expandir para fora da zona de São Francisco, a cidade onde se estabeleceram.

Lembramos que na altura, os Metallica ainda nem sequer tinham completado um ano desde o início da sua formação, e que esta demo tape continha em bruto parte do conteúdo do seu álbum de estreia, "Kill'Em All", lançado originalmente em 1983. Entre as sete músicas, destaca-se a "The Mechanix", composta por Dave Mustaine e que a banda renomeou de "The Four Horsemen" no primeiro álbum, e que Mustaine regravou no primeiro trabalho da sua nova banda, Megadeth, "Killing Is My Business... And Business Is Good!", de 1985.

Além de "The Mechanix", Dave Mustaine reclamou a autoria de mais três músicas da demo, sendo elas "Metal Militia", "Jump In The Fire" e "Phantom Lord", não querendo que todas as quatro músicas não fossem usadas depois de ter sido despedido da banda, pedido esse que não foi atendido pelos Metallica e que contribuiu para atiçar ainda mais guerra entre Mustaine e os seus velhos companheiros, questões essas entretanto já devidamente ultrapassadas. #Entretenimento

A reedição está programada para 18 de Abril, numa edição especial e limitada, de uma réplica da cassete original. Mais tarde, no verão, vai ser reeditada em vinil e em cd, sendo o primeiro passo de um programa ambicioso de reedições que vão incluir as suas gravações mais raras e antigas, segundo confirmou Lars Ulrich, o baterista, fundador e principal estratega da banda.