Não é surpresa nenhuma que as sagas de livros de sucesso acabem adaptadas ao cinema. Se o formato original alcançou um grande número de seguidores, há que aproveitar isso para prolongar a popularidade da história e, claro, fazer dinheiro. Da autoria de E.L. James, as Cinquenta Sombras de Grey não foram excepção e o primeiro filme já passou nos cinemas. No entanto, Sam Taylor-Johnson, a realizadora da primeira adaptação, já anunciou que não trabalhará nas sequelas.

Enquanto rumores apontam para desentendimentos entre a autora dos livros e a realizadora, esta última, em declaração ao site TVLine, partilhou o seguinte: "Realizar as Cinquenta Sombras de Grey tem sido uma intensa e incrível jornada, pela qual estou imensamente grata.

Publicidade
Publicidade

Tenho de agradecer à Universal por isso. Estabeleci relações próximas e duradouras com o elenco, os produtores e a equipa, mas em especial com Dakota e Jamie. Não vou regressar para realizar as sequelas, mas tudo o que desejo é sucesso para quem quer que seja que assuma os excitantes desafios do segundo e terceiro #Filmes".

Kelly Marcel, a responsável pelo guião do primeiro filme, também parece que ficará fora dos próximos e está em aberto a possibilidade de ser E.L. James a assumir o papel de argumentista. No entanto, Dakota Johnson e Jamie Dornan, os actores principais, que interpretam Anastasia Steele e Christian Grey, respectivamente, estão confirmados nos próximos filmes.

A história que conquistou milhões de leitores em todo o mundo, não teve a mesma recepção por parte da crítica, que é consensual tanto nas opiniões negativas em relação aos livros, como ao filme.

Publicidade

No centro da trama estão uma inocente finalista de um curso de Literatura e o experiente Christian Grey, um jovem milionário empresário. Fascinada por Grey, Anastasia envolve-se numa relação sexual de sadomasoquismo à qual não sabe resistir.

E.L. James está longe de ser uma boa escritora, os críticos terão dificuldade em apelidá-la disso mesmo, mas a verdade é que os clichés da donzela inocente e do homem sedutor que sabe o que está a fazer resultaram. O filme também não foi além disso, mas os fãs estarão certamente à espera dos próximos filmes. Quanto à crítica, certamente que também espera pelos que se seguem, para voltar às críticas mordazes.