Foi em novembro de 2014 que a Disney confirmou o quarto filme da série Toy Story. Mas agora, 4 meses depois, Jim Morris, presidente dos estúdios da Pixar, revelou as principais novidades para este Toy Story 4. "Até ao momento é isto que posso dizer: vai ser uma história de amor, uma comédia romântica", revelou Morris em entrevista ao SlashFilm. A entrevista, dada pelo presidente da Pixar, tem dado que falar um pouco por toda a imprensa mundial. Morris revelou, com toda a certeza, que "não é uma continuação do fim da história de Toy Story 3" pois, para o presidente, o terceiro filme da saga "terminou de uma maneira muita bonita e completou a triologia".

Para isso, e para continuar a fomentar o universo infantil de miúdos e graúdos, o estúdio optou por escrever uma comédia romântica onde não haverá "muito foco na interação entre as personagens e as crianças". Então, em que é que vai consistir o Toy Story 4? Jim não falou muito mais sobre tal assunto, mas aproveitou para confidenciar que acha "que vai ser um filme muito bom".

O novo filme da Pixar vai suceder ao último grande êxito dos estúdios: Toy Story 3. Essa foi a última película a reunir consenso entre o público e a crítica. Desde aí, a Pixar não conseguiu voltar a captar a atenção: nem do público nem da imprensa. Assim, espera-se que o filme, a estrear em junho de 2017, volte a ser um sucesso de bilheteiras.

A dirigir o quarto filme vai estar John Lasseter, o diretor dos dois primeiros filmes. Sobre tal facto, o chefe-executivo da Disney, Bob Igor, mostrou-se muito feliz por "tê-lo de volta a dirigir um dos nossos bens mais valiosos". A escrever história do quarto filme estão Rashida Jones e Will McCormack. Enquanto a ideia original da saga é de John Lasseter, Andrew Stanton, Pete Docter e Lee Unkrich. De recordar que Toy Story 1 estreou em 1995 e foi a primeira longa-metragem da Pixar Animation Studios. Na altura, o filme arrecadou 362 milhões de dólares. Já Toy Story 2, estreado em 1999, conseguiu amealhar 485 milhões de dólares. #Cinema