O "velho continente" nunca foi indiferente à #Música electrónica. Foi da Europa que saíram muitas vertentes deste estilo musical, e actualmente, alguns dos melhores DJ's e produtores são oriundos de cidades europeias. E foi com essa maneira de pensar que Andreas Tomalla, DJ pioneiro da música techno organizando, por volta dos anos 80, eventos que davam pelo nome de "Techno Party" lançou um projecto para a cidade de Frankfurt que irá resultar, em 2017, na inauguração do primeiro museu da música electrónica da Europa, e o segundo a nível mundial (existe outro em Detroit, nos Estados Unidos da América), que será chamado Museu de Música Electrónica Moderna, em inglês Museum Of Modern Electronic Music, ou "MOMEM".

Andreas Tomalla, ou Talla 2XLC como também é conhecido, é o responsável por este projecto, ainda é DJ e produtor de trance actualmente, e passa agora a ser, também, presidente honorário dos Amigos do MOMEM.

De acordo com informações cedidas ao site da Deutsche Welle, uma rádio alemã, o Museu da Música Electrónica Moderna pretende revolucionar as exposições tradicionais e levar os visitantes a entrar num espaço diferente. Espaço esse que terá o ambiente de um clube nocturno, onde os visitantes poderão conhecer um pouco da história da música electrónica, descobrir o impacto da música electrónica nos séculos XX e XXI, participar em workshops de DJing, ou ainda assistir a eventos exclusivos que serão realizados nas instalações do Museu. Instalações essas que serão dentro do Museu da Criança, alugado gratuitamente pelo MOMEM, devido ao facto do museu ser auto-sustentável e não ser subsidiado pela cidade de Frankfurt.

O museu irá ter diversas áreas onde se poderá ver temas como as vertentes deste estilo musical, história e influências ou instrumentos e tecnologia. Mas não só de música irá tratar este museu. Como pode ser visto no mapa, o museu irá ter uma zona dedicada a design gráfico e arte. O Museu da Música Electrónica Moderna será, com certeza, um lugar a ser visitado por turistas que visitem Frankfurt no ano de 2017.  #Turismo