Os Maruta chegam de Miami e estão prestes a lançar o primeiro álbum pela editora norte-americana Relapse Records. O álbum vai-se chamar "Remain Dystopian" e tem data de previsão de lançamento para o início de Junho (a 29 de Maio será lançado na Alemanha, Bélgica e Finlândia; a 2 de Junho na América do Norte e no dia 1 no resto do mundo). Uma #Música retirada do novo trabalho tem sido partilhada no Youtube e no Soundcloud. Chamada "Stand In Defeat", a música é um exemplo de como o álbum mostra a banda mais violenta e mais focada do que nunca, com 17 músicas de destruição death/grind viciante. O trabalho foi gravado em vários estúdios, sendo que a bateria foi gravada nos estúdios de Scott Hull, dos Pig Destroyer, e a voz com Jonathan Nuñes dos Torche.

Publicidade
Publicidade

"Remain Dystopian" contou com muitas participações especiais, desde Tomas "Tompa" Lindberg (vocalista dos At The Gates e Disfear), J.R. Hayes (vocalista dos Pig Destroyer) até Jay Randall (responsável pela parafernália electrónica dos Agoraphobic Nosebleed, que também adicionou o seu toque neste trabalho) e eleva em muito a fasquia no que diz respeito ao género grind, pegando em nomes incontornáveis como Napalm Death, Agoraphobic Nosebleed, Nasum, Pig Destroyer, Nails e Misery Index, e levando-o um pouco além daquilo que já foi feito.

A inspiração para o nome da banda surgiu devido a um projecto especial que decorreu durante a segunda Guerra Mundial, em que o exército japonês usou seres humanos em experiências terríveis. A banda sempre teve por objectivo a crítica e consciência social, pelo que o nome parecia totalmente integrado com a visão lírica da banda.

Publicidade

Apesar de ter uma discografia curta (com "Remain Dystopian" chegam à marca do terceiro álbum), a banda conseguiu deixar uma boa marca entre a crítica mundial, que a apontou como sendo na generalidade uma boa ponte entre o death metal e o grind, dois estilos que, por estranho que possa parecer, nem sempre andam de mãos dadas. O trabalho vai estar disponível em CD, vinil e digital e as pré-encomendas já podem ser feitas através da web shop da Relapse.