Os fãs de Lily Allen nunca imaginaram que poderia acontecer algo como o que se passou ontem. A cantora e compositora entrou para a nova plataforma Periscope (do Twitter) e decidiu transmitir, em direto, o que estava a fazer. A novidade veio a seguir. Todas as pessoas que acompanharam o live de Lily acabaram por ouvir, em exclusivo, as demos das músicas do seu quarto álbum de estúdio.

Eram oito da noite em Los Angeles, na Califórnia, e 4 da manhã em Portugal Continental, quando Lily iniciou o seu primeiro live. A mais de centena de fãs que entrou para ver a artista espantou-se quando começou a ouvir o som que vinha do stream, pois pareciam músicas novas. A confirmação chegou logo depois pela voz de Lily Allen: "São demos das músicas do novo álbum". A cantora passou, através do seu computador, quase 10 músicas novas, tendo uma sonoridade diferente de Sheezus, o terceiro álbum de estúdio (saiu em 2014, mas começou a ser promovido em 2013). Quando um fã questionou se a produtora não iria ficar chateada, Lily respondeu sem medo: "Provavelmente eles vão ficar muito chateados" (tradução censurada). Para tentar evitar que a produtora ficasse aborrecida, Lily disse, por diversas vezes, "Eu estou a falar por cima da #Música". Contudo, era só isso que dizia, pois logo depois começava a cantar a música que estava a passar no fundo: um autêntico concerto online.

Segundo o que pôde ser ouvido, o novo álbum vai fugir um pouco ao pop comercial de Sheezus e vai aproximar-se mais dos dois primeiros álbuns (Alright, Still e It's Not Me, It's You). Uma das músicas acabou mesmo por lembrar o som de Smile, o primeiro grande sucesso da artista. Os fãs também conseguiram ouvir uma demo com uma sonoridade bem próxima do reggae, algo que não é assim tão estranho para eles. Lily Allen esteve há duas semanas na Jamaica a gravar uma nova música com o produtor Nicky B e com os cantores Kiko Bun e Sean Paul.

O primeiro live teve a duração de meia hora, mas a cantora voltou logo a seguir para mais 8 minutos. Na segunda transmissão Lily decidiu mostrar o que se acredita ser uma "Introdução", só não se sabe se será para o quarto disco ou para a próxima tour. Mas o live não teve só música da britânica; pelo meio ainda houve tempo para se ouvir parte da Golden Skans, dos Klaxons. Nestes dois diretos Allen ainda respondeu a alguns fãs. Contudo, quando questionada sobre Portugal, a cantora nunca respondeu. Ao fim dos 8 minutos, Lilly disse que ia jantar e terminou o segundo live. Como não estava satisfeita, Lily voltou, já no restaurante, para mostrar que estava a jantar no mesmo sítio em que estava, supostamente, Harry Styles, dos One Direction. O quarto álbum de estúdio de Lily Allen deve sair ainda este ano. #Famosos