Conhecem os Sensible Soccers? Já ouviram o seu álbum de estreia "8"? Apressem-se a ouvir, porque como todas as coisas boas, acaba depressa, e '8' já está na sua tour de despedida. A banda de Manuel Justo, Filipe Azevedo, Hugo Gomes e Emanuel Botelho passou ontem, sábado, pelo Teatro de Vila Real, e encheu o auditório pequeno do Teatro da capital transmontana, mostrando também que a banda ganhou alguns fãs na cidade depois da sua aparição na edição do ano anterior do Festival Rock Nordeste.

Quem conhece a banda sabe que a #Música que eles trazem não permitiria manter um auditório sentado durante toda uma actuação e foi isso mesmo que aconteceu.

Publicidade
Publicidade

Não tardou para que os primeiros corajosos deixassem as cadeiras vazias e fossem popular as escadas do auditório. E mais se lhes juntariam, se mais uma hora tivesse o concerto que, com uma hora de duração, deixou os fãs da banda sedentos por mais boa música.

Aos gritos de "só mais uma", respondeu o quarteto: "Não temos mais nenhuma, temos que ir fazer mais". E é bom que o façam, é bom que da próxima vez não encham o auditório pequeno, mas sim o grande, e é bom que a seguir a "8" venha o oito deitado, porque à boa música não se pede mais que o infinito. Bom projeto, português e com cada vez mais seguidores. Faz-se boa música em Portugal, para todos os gostos e cabe a todos nós apoiá-la.

Quem quiser despedir-se do álbum de estreia da banda tem ainda mais duas oportunidades: 18 de Abril no pequeno auditório do CCVF, em Guimarães, e 24 de Abril no Maus Hábitos, no Porto.

Publicidade

Quanto a Vila Real, mais uma vez a cidade demonstrou que cada vez há mais necessidade de boa música e que cada vez há uma melhor reacção ao que se passa na cidade. A covilhete na mão e o Teatro de Vila Real têm feito esforços no sentido de trazer a boa música para cá do Marão, e a cidade tem correspondido. Espera-se agora pela edição deste ano do Festival Rock Nordeste e das novidades que com ele virão.

Como conclusão de uma boa noite de música fica a ideia que, num interior do país cada vez mais esquecido, também há espaço para a boa música, e que o grande projecto dos Sensible Soccers veio para ficar, porque 8 despede-se, mas eles já foram "fazer mais".