Ao segundo dia da primeira edição da Festa do Cinema, foram algumas as sessões que esgotaram um pouco por todo o país. Os bilhetes a 2,50€ fizeram com que mais de 70 mil pessoas se deslocassem até às salas de #Cinema de todo o país. Em apenas dois dias, a Festa do Cinema fez com que fossem vendidos mais de 123 mil bilhetes. Deste número estão fora, ainda, "os resultados de alguns cineclubes, auditórios municipais e cinemas independentes", conforme anuncia a organização.

Pelo segundo dia consecutivo, os filmes mais concorridos nesta Festa foram Os Vingadores (ou Avengers) e Velocidade Furiosa 7 (Furious 7). No top de filmes que mais esgotaram em todo o país está Capitão Falcão, o primeiro filme português sobre super-heróis. Gonçalo Waddington é o protagonista da película que está, neste momento, em 14 salas por todo o país. Ontem, nos Cinemas NOS Colombo, as sessões da noite (perto das 21h) dos filmes Os Vingadores e Ex-Machina estavam, a mais de 30 minutos do início das exibições, esgotadas.

A Festa do Cinema começou na segunda-feira, 12 de maio, com a presença de mais de 53 mil espectadores. O número da passada segunda-feira representa o triplo das vendas normal nesse dia. De recordar que, à segunda-feira, as sessões costumam ter um preço especial. Ontem, Nuno Sousa, um dos organizadores da iniciativa, esperava "subir este valor nos dois dias que faltam". Ao segundo dia, a Festa do Cinema teve, praticamente, mais 20 mil espectadores do que o dia anterior, perfazendo um total de, segundo a organização, 123.359 bilhetes vendidos.

Se o número superar os 200 mil espectadores, é possível que se volte a realizar a Festa do Cinema ainda este ano. O objetivo da organização é que, tal como em Espanha, este evento seja presença assídua no calendário cinematográfico. Com isto, quer-se criar hábito nos espectadores e, ainda, "que se produzem filmes nacionais para estrear no contexto da Festa". Hoje, quarta-feira, é o último dia em que pode aproveitar os bilhetes a 2,50€ em todas as sessões.