Ary e a banda lendária Kassav actuaram no sábado, dia 9 de Maio, no Coliseu dos Recreios, em Lisboa. Segundo os fãs, foi um espectáculo inesquecível, que merece ser repetido. Ary, que presentemente é das mais prestigiadas artistas de Angola, uniu-se a Kassav, a banda de estilo músical "zouk", que outrora foi pioneira no seu estilo. Hoje em dia já conta com 35 anos de carreira e fama a nível mundial.

O concerto único encheu o Coliseu dos Recreios de ritmos quentes. Os Kassav tocaram vários êxitos, alguns temas mais antigos e outros mais recentes, passando por uma escolha musical com um zouk mais clássico e também mais moderno. Ary deslumbrou com várias roupas provocantes e cantou os seus temas mais famosos. Algumas músicas uniram Ary e Kassav, criando uma musicalidade bastante diferente e ímpar. O Jornal JetSet Angola refere-se a Ary como tendo sido um autêntico furacão em palco. Segundo o artigo, Ary teve uma energia inigualável, contagiando Kassav e o Coliseu inteiro.

O espectáculo foi inédito, já que foi a primeira vez que a cantora angolana actuou com Kassav. O Coliseu encheu e teve lotação esgotada. De acordo com os fãs que estiveram presentes, foi um dos melhores concertos do género que alguma vez foi feito. "Conseguir juntar estes dois géneros musicais num concerto foi algo que se pensava ser impossível, mas fizeram vibrar esta gente toda", relatou uma fã após o espectáculo: "Ary foi absolutamente fantástica e incansável e a #Música foi de uma energia contagiante".

A cantora recebeu recentemente vários prémios em Angola e a ideia deste projecto já estaria a ser criada há vários anos, mas sem grandes hipóteses de concretização. Os lendários Kassav viram a sua carreira no auge na década de 80 com vários álbuns a atingirem recordes de vendas. Normalmente actuam todos os anos em vários pontos do mundo e os seus temas mais clássicos, tais como o sucesso "Zouk la sé sél médickaman nou ni", são os preferidos. Kassav foram os pioneiros do zouk como tipo de música e de dança que ajudou a popularizá-los.