'A Terra de Ningúem' é o título da mais recente obra de Santana-Maia Leonardo, que está neste momento na fase de apresentação pelo país. No próximo dia 14 de Maio, quinta-feira, a mesma irá decorrer na cidade de Abrantes, na Biblioteca António Botto, estando previsto o seu início para as 21h. Nesta sessão irão estar presentes alguns oradores, como Eurico Heitor Consciência (advogado), Rolando Silva (jornalista), Ana Soares Mendes (Jornalista), Margarida Trincão (jornalista) e Francisco Lopes (bibliotecário).

De acordo com o autor, esta obra pretende "ser uma reflexão extremamente crítica à governação de uma geração de eucaliptos que reduziu o território português à estreita faixa litoral Lisboa/Porto e o espaço do debate público à estreita faixa dogmática do politicamente correcto". Santana-Maia convida a todos a assistir a mais um momento que pretende que seja uma reunião de amigos.

Natural de Setúbal, onde viu a luz pela primeira vez a 5 de Outubro de 1958, o seu pai, José Tomás Mendes Leonardo, faleceu a 1 de Dezembro de 1967, na cidade de Setúbal, quando apenas contava com 9 anos de idade. A sua mãe, Maria Laura de Carvalho Santana Maia Tomás Leonardo, foi a primeira juíza conselheira do Supremo Tribunal de Justiça.

Licenciou-se em Direito e em Línguas e Literaturas Modernas. É advogado de profissão em Abrantes, Ponte de Sôr e Gavião, na sociedade de advogados "Santana-Maia Leonardo & Associados" da qual é sócio fundador. Actualmente também preside o Agrupamento de Abrantes da Ordem de Advogados. Em Abrantes foi candidato a presidente da câmara municipal, nas Autárquicas de 2009.

A sua veia de escritor levou-o a fazer parte da revista da Associação Académica de Coimbra "Via Latina", tendo sido inclusive um membro da direcção. Mais tarde fundou e dirigiu o jornal "A Ponte". Actualmente mantém a sua colaboração na redacção de artigos de opinião na imprensa nacional e regional.

Da sua obra literária há que destacar os seguintes títulos:

- Mistério da Santaníssima Quaternidade - livro de poesia;

- O Meu Livro de Português - sendo uma colectânea de poemas da sua turma de português;

- Rexistir - livro com poesia e prosa, com duas edições;

- Eléctrico - Um Clube com Alma - uma história;

- Bocage, Meu Irmão - livro de poesia satírica;

- Amar Abrantes - o nosso concelho - livro que fez em coautoria com António Belém Coelho. #Entretenimento #Literatura