O conhecido realizador Martin Scorsese já terminou as gravações de "Silence". O seu mais recente filme conta a história do missionário jesuíta português Sebastião Rodrigues, que, acompanhado por outros missionários também do mesmo país, se deslocou ao Japão no séc. XVII com o propósito de converter os nipónicos ao cristianismo. No entanto, a tarefa não vai ser fácil, pois acaba por ver a sua vida ameaçada. A obra é inspirada no livro de Shusaku Endo.

O ator Andrew Garfield (que participou em #Filmes como "O Fantástico Homem-Aranha" ou "A Rede Social", ) vai dar vida à personagem principal. Do elenco fazem também parte Liam Neeson (que assume o papel de Padre Cristóvão Ferreira), Adam Driver (Padre Francisco Garrpe), Ciarán Hinds (Padre Valignano), Tadanobu Asano (tradutor), Shinya Tsukamoto (Mokichi), Yosuke Kubozaka (Kichijiro) e Isse Ogata (Inoue).

Publicidade
Publicidade

Apesar da história decorrer no Japão, as filmagens tiveram lugar em Taiwan após sugestão do realizador Ang Lee. As gravações duraram 14 semanas, tendo sido concluídas a 15 de maio de 2015. Assim que foram encerradas as filmagens, Scorcese deu uma conferência para falar um pouco mais sobre este projeto.

Um filme com 23 anos de contratempos

O primeiro argumento de "Silence" foi preparado em 1992, precisamente 4 anos depois do realizador ter conhecimento do livro. Citado pelo site Notícias Yahoo, Martin Scorsese confessou que a versão cinematográfica da história não tem só a ver com a qualidade da obra literária: "O tema apresentado por Shusaku Endo estava presente na minha vida desde que eu era muito, muito novo. Estive muito envolvido na religião porque fui criado no seio de uma família muito católica".

Publicidade

Foi a partir de 2009 que Scorsese sentiu que era o momento de avançar com a produção do filme. Daniel Day-Lewis, Benicio del Toro e Gael García Bernal foram nomes muito desejados para "Silence". No entanto, o filme foi constantemente adiado, pois Scorsese deu prioridade à conclusão de Shutter Island e Hugo. Em 2010, Del Toro chegou a afirmar ao site Digital Spy que "seria um sonho trabalhar com Scorsese. Silence, o filme que está a planear, é constantemente adiado, mas estou interessado em participar".

Talvez por incompatibilidade de agendas, já não foi possível contar com estas estrelas. Mas o que é certo é que o filme finalmente foi gravado e tem estreia marcada nos cinemas para o próximo ano. O filme é falado em japonês e inglês. A língua portuguesa é apenas usada para referir os nomes de algumas personagens. #Cinema