Os filmes sobre super-heróis estão na berra, particularmente os da Marvel. Com a estreia de Iron Man em 2008 criou-se um universo cinematográfico onde se formaram pontes entre vários filmes e vários heróis, nomeadamente o Homem de Ferro, Capitão América, Thor, o Incrível Hulk, Viúva Negra, Gavião Arqueiro, os Guardiões da Galáxia e Nick Fury, que tendem a culminar e chegar ao fim de um ciclo nos filmes d'Os Vingadores. Quem gosta de ficar no #Cinema até ao fim dos créditos certamente já reparou que, desde 2008, parece que todas estas fantásticas histórias nos estão a conduzir para um fim climático. E quem é aquele tipo roxo sentado na cadeira no vazio do espaço?

Bem, não é fácil responder a esta questão e, por isso, a informação será disponibilizada em três partes, que serão publicados ao longo das próximas três semanas.

Publicidade
Publicidade

O nome do personagem que surge muito esporadicamente em alguns dos #Filmes da Marvel é Thanos. Thanos é um personagem criada pela lenda Jim Starlin (artista e escritor da Marvel) em 1973 e será interpretado por Josh Brolin.

Neste artigo, constará um breve historial deste personagem e as suas motivações. No próximo artigo, será abordada a estratégia que este empregará para atingir os seus fins. Por fim, a sua ligação aos heróis que todos conhecemos será abordada no terceiro artigo.

Thanos é uma entidade cósmica, ou seja, não é oriundo do planeta Terra. Thanos vem de um satélite (lua) de Saturno chamado Titan (Titã) e faz parte de uma espécie que lá reside chamada Eterno. Thanos é uma espécie de "mestiço" entre Eterno e Deviant (que significa desviado ou anormal). Os Eternos são caracteristicamente belos e dotados de imenso poder e os Deviant são de uma espécie rival, que por norma têm uma aparência hedionda, em que cada membro é dotado (ou amaldiçoado) com um tipo de deformação ou mutação.

Publicidade

Por vezes, estas mutações conferem poderes, mas raramente tão impressionantes como os dos Eternos.

Thanos herdou os poderes dos Eternos, mas também herdou a aparência dos Deviant, pelo qual foi sempre marginalizado e discriminado. A mãe de Thanos até tentou assassiná-lo pouco depois de este nascer.

Apesar da sua marginalização e discriminação, Thanos era pacifista em criança e brincava apenas com o seu irmão Eros e com os animais domésticos. Quando era adolescente, Thanos começou a tornar-se um indivíduo melancólico e inquietante. Começou a fascinar-se com o niilismo e com o conceito da morte. Mais do que qualquer outro, Thanos ambicionou tornar-se mais forte e poderoso, e conseguiu-o através de vários processos, incluindo implantes cibernéticos. Com o passar do tempo, Thanos tornou-se mais poderoso do que qualquer um da sua espécie.

Mais tarde, Thanos é expulso da sua comunidade. Não se sabe o motivo. Especula-se que terá cometido um crime ao criar uma arma, o que era proibido na sua sociedade.

Publicidade

O próprio Thanos uma vez afirmou que a sua própria mãe foi sua vítima de vivissecção. Thanos indicou que o fez para perceber melhor como é que um ser tão aficionado pela morte poderia ter sido fruto do seu ventre. Contudo, nunca se provou a veracidade desta afirmação.

Enquanto viajava pelo universo, Thanos foi visitado pela encarnação da própria Morte, conhecida no Universo da Marvel como Senhora Morte. Thanos apaixonou-se de imediato por este ser e decidiu que iria provar-se merecedor do seu afeto, extinguindo toda a vida no Universo.